© 2015 por Vida Pratica.  

Chief Rabbi ("Rabino Chefe") da Inglaterra pede a comunidade judaica para denunciar casos de abuso sexual a policia

28.05.2015

 

Eh raro acontecer, mas nao estamos imunes. 

 

O Rabino Chefe da Inglaterra, Ephraim Mirvis, pede que qualquer alegacao de abuso sexual contra criancas deva ser denunciado a policia imediatamente.

 

Sua nota veio apos a condenacao de um professor haredi, Todos Grynhaus, acusado de abuso sexual contra algumas de suas estudantes que na epoca do abuso, eram menores de idade.

 

Todos os rabinos ingleses que estao sob autoridade do rabino chefe terao obrigatoriamente que particiar de uma palestra organizada pela United Synagogue para alerta-los dos perigos, como identificar situacoes de risco, como lidar com este tipo de crime e sobre os efeitos que este tipo de crime causa em vitimas.

 

Rabino Epharim Mirvis parabeniza a coragem das vitimas a exporem o problema e procurarem por justica, assim como louva a atitude de muitas outras pessoas que lutaram contra a pressao social que enfrentaram em suas comunidades religiosas para ajudar as vitimas e suas familias a trazer a historia ao publico.

 

Traducao livre dos paragrafos principais do discurso feito pelo rabino Mirvis: Embora este nao tenha sido o primeiro caso do genero, o resultado nos envia uma mensagem inquestionavel de que NINGUEM, em qualquer parte de nossa comunidade, pode esperar cometer estes crimes horrendos e escapar uma condenacao da justica.

 

Este tipo de abuso eh uma mancha que pode ser encontrada em toda a sociedade e nos nao estamos menos vulneraveis a este tipo de crime do que qualquer outra comunidade. Praticantes deste tipo de crime destroem vidas e todos nos dividimos a responsabilidade de proteger as vitimas e qualquer pessoa a qual suspeitamos estar em perigo deste tipo de abuso.

 

Desta maneira, nos devemos nao somente levar todos os incidentes a polica IMEDIATAMENTE, sem nenhum atraso, mas tambem devemos fazer tudo o que estah em nosso alcance para promover uma nova cultura, a de que denunciar tais crimes para as autoridades eh vista como uma atitude a qual apoiamos e encorajamos.

 

Para ler a materia completa, por favor clique aqui.

 

 

 

 

ABUSO SEXUAL EM COMUNIDADES JUDAICAS RELIGIOSAS

 

Recentemente, 9 entre 10 blogs judaicos estao falando sobre isso por causa desse caso horrendo ocorrido na Inglaterra. 

 

Infelizmente, como o rabino Mirvis disse, este nao foi o primeiro e sem as devidas precaucoes nao serah o ultimo crime desta natureza. 

 

Como a comunidade judaica brasileira eh muito pequena, com aprox. 100 mil espalhados em todo o Brasil (aprox. 60 mil em SP e 40 mil morando em outros Estados), quero acreditar que este tipo de problema nao aconteca em solo brasileiro. 

 

Em contrapartida, em paises onde a comunidade judaica eh enorme, como os mais de 5 milhoes de judeus residentes nos EUA, 500 mil na Franca e ateh mesmo 400 mil no Canada, por exemplo, encontramos todo tipo de situacao... do extremo Kiddush Hashem (atos que glorificam o nome de Hashem) ao mais repugnate tipo de chilul Hashem (atos que denigrem o nome de Hashem).

 

Devido a utililzacao da internet, onde vitimas de crimes de natureza sexual encontram grupos de apoio e autoridades religiosas que os estimulam a denunciar os criminosos, vimos um numero maior de casos sendo expostos nestes ultimos 5 anos. 

 

Mas de alguma maneira, 2015 estah sendo O ANO da denuncia. O ano da conscientizacao. O ano em que tristemente reconhecemos que nenhuma comunidade formada por seres humanos estah imune a este tipo de violacao, este tipo de crime hediondo que tanto traz vergonha a comunidade judaica e qualquer outra comunidade onde tal mancha possa ser encontrada.

 

Australia, Canada, EUA, paises europeus, Israel... temos que ser vigilantes em todos os lugares e apoiar a vitima em vez de proteger os criminosos.

 

 

 

PROTEGER CRIMINOSOS?????????

 

Sim, infelizmente eh o que acontecia (e ainda acontece) em varias comunidades judaicas. 

 

Eh muito dificil acreditar, aceitar que um de nos, que um judeu religioso possa cometer tais crimes... e alem disso... o tal do yichus (descendencia ilustre, mais ou menos) contribui para a destruicao de vidas, jah que familias que se consideram ilustres (seja por ter uma forte ligacao com aprendizado da Torah ou hoje em dia, simplesmente pq sao influentes na comunidade) nao querem ver sua imagem jogada na sarjeta e desta maneira, protegem seus membros criminosos. Infelizmente alguns rabinos proibem de que tais crimes sejam denunciados a autoridades civis, alegando que crimes entre judeus devem ser resolvidos entre judeus.

 

O conceito eh valido para crimes menores, como uma discordancia em divisao de heranca, ou se um judeu causou um dano financeiro minusculo a outro judeu... coisas simples... mas quando trata-se de crimes de ordem sexual, NENHUM BEIT DIN ateh hoje conseguiu resolver o caso porque simplesmente, EH IMPOSSIVEL resolver tais casos com um beit din!!!!!!!!! 

 

Muito tem-se esclarecido e estudado a respeito e ao que parece, mais e mais vitimas estao deixando os poroes da vergonha de lado e denunciando o ocorrido as autoridades. Eu admiro a coragem destes homens e mulheres, assim como apoio sua atitude de todo o coracao. 

 

Com a chegada da internet em comunidades religiosas, mais e mais judeus que estao do lado das vitimas, criam meios de apoio, seja por websites voltados para expor os criminosos e assim, salvar vidas atraves da conscientizacao, sites que tentam conscientizar quem tem crianca em casa, jornais secularespalestras, (eh impossivel assistir ao testemunho desta garota sem sentir um soco no estomago. pessoas mais sensiveis choram muito ao ouvi-la) materias de jornais e mais jornaisblogs... oh boy... muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuitos blogs para TODOS os gostos e todos tipos de judeus, da visao religiosa a mais secular, escritos por homens, mulheres e adolescentes, vitimas ou nao deste crime tao hediondo.

 

 

 

ABUSO E ASSEDIO

 

Apesar do foco principal dos blogs e materias estar na pedofilia, ha varios tipos de abuso cometidos contra pessoas adultas tambem. 

 

A vergonha faz com que estas pessoas ainda fiquem em silencio, protegendo seus atormentadores.

 

Alem do abuso sexual, o monstro do assedio tambem faz presenca nos lugares mais inesperados e eh mais dificil de ser combatido, jah que tal monstro nao deixa provas em seus atos de agressao.

 

O que podemos fazer eh conscientizar nossas criancas, nossos jovens e todos os membros do povo judeu contra tais crimes. 

 

 

 

 

COMO PREVENIR

 

 

 

Conversando com seus filhos. Ficando de olho em quem os cerca. Como TODOS os psicologos e estudos sobre pedofilia mostram: OS ABUSADORES SAO PESSOAS PROXIMAS. Muitos criminosos sexuais desenvolvem um relacionamento proximo a familia da vitima, ganham sua confianca... e assim, infelizmente, a confianca da crianca.

 

Ha livros (em ingles, nao sei se ha em portugues) que ajudam os pais nessa conversa. Livros com linguagem nao agressiva e imagens que ajudam as criancas a entender os perigos e a cautela que devem ter com seus corpos.

 

 

 

 

MULHERES ADULTAS E ADOLESCENTES

 

 

 

Uau... mulheres adultas tbm podem se tornar vitimas deste tipo de crime. Como? Quando estao fragilizadas por alguma situacao (teshuva? conversao? instabilidade no casamento?), elas se encontram vulneraveis a homens inescrupulosos, judeus ou nao-judeus, que tenham o que conhecemos como "boa labia", conversa mansa, papo de boi dormir.

 

Este problema acontece em comunidades religiosas porque mulheres nas situacoes descritas acima visualizam em seus predadores uma ilusao de autoridade... veem neles alguem que irah lhes salvar... lhes proteger, que lhes faz sentir especial, diferente das outras mulheres, eles dizem as vitimas que "perceberam algo especial nelas", que "perceberam uma espiritualidade fora do comum" etc, etc, etc.

 

Adolescentes e mulheres de comunidades judaicas RELIGIOSAS podem se salvar atraves da observancia de duas halachot: YICHUD e SHOMER NAGUIA (ou shomer nagyiah/negyiah, dependendo de quem escreve).

 

YICHUD: homem e mulher nao casados jamais devem ficar sozinhos em um local que tenha portas fechadas. Casa, escritorio, CARRO ou lugares deserticos, que mesmo sendo publico, nao oferece protecao a provavel vitima. E mesmo em locais publicos ha perigos de que a mulher sofra assedio sem que nem ao menos perceba... um rabino ou moreh te chamou para um sorvete? Pior ainda, te chamou pra sair as altas horas da noite? Disse que gostaria de passar um final de semana soh com voce, para te "conhecer melhor"? Disse que quer te dar um abraco???????????????? 

 

Diga que vc respeita as leis de yichud e shomer naguia e ele vai correr de medo de vc. 

 

 

SHOMER NAGUIA: homem e mulher nao casados e que nao sejam parentes diretos jamais devem se tocar.

 

Mantenha essas duas regras e seja feliz.

 

 

 

 

Ha abusos em comunidades nao religiosas? Sim, assim como ha abusos em TODAS AS COMUNIDADES FORMADAS POR SERES HUMANOS.

 

Nosso alarde sobre abusos de ordem sexual em comunidades religiosas se dah ao fato de que eh inadmissivel este tipo de situacao... eh impensavel que uma pessoa que se diz coberta pelo manto da Torah, que participe de grupos de estudos religiosos, que lidere nossas sinagogas e instituicoes de ensino, que mantenha uma posicao de autoridade, servindo de "exemplo moral" esteja envolvido(a) em tal tipo de crime. 

 

Na verdade, nao deveria estar envolvido em crime algum! 

 

Um unico caso excede o que podemos tolerar. 

 

Conscientizacao eh o primeiro passo.

 

Ajudar a apoiar as vitimas eh o segundo.

 

 

 

ESTATISTICAS ASSUSTADORAS

 

A primeira vez que pensei seriamente nas consequencias do abuso sexual infantil foi quando via "arvore genealogica da pedofilia" feita por uma vitima. Ela nos conta sobre seus anos de terror e como tudo comecou. 

 

Um unico caso de abuso transformou uma vitima que nao foi ouvida a se tornar um pedofilo. E este pedofilo aterrorizou duas geracoes de sua familia. E alguns membros desta familia que foram vitimas de abuso se tornaram pedofilos tambem.

 

Ninguem sabe onde isso vai parar, nem mesmo a vitima que tristemente conta sua historia.

 

Mas isso serve para nos alertar ainda mais: um unico caso de pedofilia nao tratado fere geracoes inteiras.

 

Conscientizacao em nossas comunidades e protecao as vitimas eh o primeiro passo para a construcao de um bom futuro, onde este problema serah visto como uma triste experiencia do passado.

 

Jamais encoraje o silencio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Destacados

Dízimo no Judaísmo: Obrigação de Quem?

February 28, 2020

1/10
Please reload

Procure por Tags