Pureza Familiar


Acho que todo mundo que estuda ou jah estudou Judaismo se deparou com este topico em algum momento.


Em primeiro lugar, deixo claro que sou uma pessoa pratica e nada romantica huahuahauahuau Assim sendo, nao vou colocar fotos de florzinhas e nao vou falar dessa mitzvah como se voce fosse uma crianca pequena. Escrevo como eu falo: de uma forma respeitosa e direta.


. . . .


A Torah nao nos fala se uma miztva eh mais importante que a outra e nem nos dah uma lista do nivel de importancia de cada uma.


No entanto, devido ao numero de acoes, cuidados e providencias que se referem a mitzvah de taharat hamishpacha (pureza familiar), somos tentados a achar que essa mitzvah eh uma das mais importantes que existem.


Mas mesmo assim, ainda nao podemos julgar que uma mitzvah eh mais ou menos importante que a outra. Siiiim... temos que reconhecer que nem isso sabemos... e desenvolver a humildade :)


Ir a mikvah eh um dos fatores mais importantes da VIDA JUDAICA (sem mikvah = sem geracoes futuras), mas isso nao quer dizer que esta seja a mitzvah mais importante.


Hashem jamais nos disse qual mitzvah Ele considera a mais importante (hmmm... estou sendo repetitiva, certo? rs)




IMPORTANCIA DA MIKVA NA VIDA JUDAICA

A halacha (lei judaica) nos diz que a mikva precede a construcao de uma sinagoga: para termos uma comunidade judaica, primeiro devemos construir uma mikva e soh depois, a sinagoga. Alem disso, a halacha tambem nos diz que para construir uma mikva, podemos vender qualquer item valioso que a comunidade possua, ateh mesmo um Sefer Torah!




O QUE EH PUREZA FAMILIAR?

Eh a mitzvah que nos ensina que casais possuem um tempo certo para se unirem e um tempo certo para ficarem separados e terem tempo para "recalibrar" sua propria identidade.


De uma forma GERAL, casais param de se tocar no inicio do ciclo menstrual da mulher e soh voltam a se tocar 7 dias (calendario lunar e nao solar) apos o termino da menstruacao, quando entao a esposa pode fazer uma imersao (tevilah) na mikvah e emergir em estado de pureza (tahara).


No Judaismo, uma mulher em ciclo menstrual estah em estado de niddah.


Mulheres entram em estado de niddah (traduzido como "impureza", mas por favor meninas, ha mais explicacoes sobre isso... vou postar as explicacoes outra hora) quando sangue sai do utero.


Este periodo de absencia de contato fisico varia para cada mulher, mas no GERAL, casais se tocam por 2 semanas e se abstem um do outro por 2 semanas. (REPITO: falo de uma maneira geral, pois o corpo de cada mulher funciona de uma maneira unica)


Se voce fala ingles, ha um video muito legal da Jew in the City que explica tudo isso.


Se voce estah em territorio americano, canadense ou qualquer outro territorio onde passe o programa da Oprah, voce pode assistir a explicacao dela sobre a mikva que eh bem completa (Oprah eh tudo de bom!!!) onde ela visita a uma das mikvaot mais bonitas de Nova York.


Apos mergulhar na mikvah, a mulher estah 'espiritualmente pura' (tahara), ficando assim permitida a seu marido e o casal pode finalmente se tocar.




O QUE EH A MIKVAH?

Na traducao literal seria mais ou menos "ajuntamento de aguas".


As aguas mencionadas em Bereishit 1:10 (Genesis 1:10) recebem este nome = 'ajuntamento de aguas' (mikva) que foram chamados de 'mares'. Por isso, os mares sao grandes mikvas!



PERIGO-PERIGO-PERIGO-PERIGO = ALERTA-ALERTA-ALERTA-ALERTA

EVITE USAR O MAR, RIOS E LAGOS COMO MIKVAS!!!

Eh muito, mas muito perigoso, mesmo que voce esteja acompanhada! Ha casos onde pessoas se afogaram ao tentar usar o mar como uma mikva... sua vida eh mais importante do que tudo!


Para salvar uma vida, podemos ateh quebrar Shabbat, entao isso prova que voce nao deve arriscar sua vida! Sua vida eh mais importante! Por favor consulte sua professora treinada em todas as leis da pureza familiar ou seu rabino e fale a respeito deste assunto. A situacao fica mais perigosa para mulheres que querem respeitar taharat hamishpacha porque elas devem usar a mikva a noite... olha... converse com sua professora ou rabino primeiro, por favor.


Alguns rios e lagos tambem sao considerados mikvaot. ALGUNS, nao todos.


E isso serve como um alerta a pessoas que estejam tentadas a usar rios e lagos como mikvaot... sem instrucoes da professora de taharat hamishpacha ou do rabino, voce jamais saberah se o rio ou lago que voce pensa em usar entra na categoria de mikva ou nao.


Alem de todo esse perigo, usar o mar, rios e lagos como uma mikva nao eh nada poetico... a mulher tem que achar um local onde nao serah vista, alguem (uma amiga ou marido) tem que ficar de olho pra ver se os cabelos dela 'mergulharam' completamente (um fio de cabelo fora d'agua e a tevila nao eh considerada casher), a agua do mar estah sempre em movimento, o que torna a experiencia um pouco mais arriscada, e nem com vou comecar a falar de hatzitza... como voce jah viu: eh possivel usar o mar como uma mikva, mas nao eh recomendavel.




MIKVAS CONSTRUIDAS POR MAOS HUMANAS

As leis de construcao de uma mikva sao tao complicadas, que ocupam um tratado inteiro da Mishna. Em resumo, uma porcentagem das aguas da mikva construida por maos humanas vem de agua da chuva (mas pode vir de neve tbm, ou uma fonte subterranea de aguas naturais, etc, etc. Rabinos que recebem especializacao neste assunto sao aptos a decidir qual tipo de agua de adequado ou inadequado para a construcao da mikvah)




DE ONDE VEM O CONCEITO DE PUREZA ESPIRITUAL?

O ciclo menstrual da mulher estah ligado ao seu sistema reprodutor.


Isso quer dizer que todos os meses a mulher tem o potencial de gerar vida, que eh um dos nossos propositos aqui na terra: 'pru urvu', 'crescei e multiplicai-vos'. Quando a mulher engravida, seu nivel espiritual aumenta, pois ela estah criando uma vida dentro de si.


Quando esta vida nao eh gerada... well... seu corpo expele o potencial de criacao e ela se encontra em um nivel espiritual inferior.


Por causa disso, depois do termino do periodo menstrual, a mulher necessita de mais 7 dias (no calendario lunar) para se recuperar espiritualmente e fisicamente da experiencia, e soh entao ela pode visitar a mikvah.


Quando a mulher emerge das aguas da mikva, seu estado espiritual estah amplificado e ela se sente totalmente espiritualizada e renovada! Eh realmente uma experiencia incrivel!





TAHARAT HAMISHPACHA E MULHERES

Taharat hamishpacha eh uma das 3 mitzvot femininas (acender velas de Shabbat, fazer challah e cumprir taharat hamispacha), e assim sendo, mulheres sao as responsaveis por seu cumprimento e controle. Os maridos participam, mas eh a mulher que toma iniciativa no cumprimento desta miztvah.




QUAL A VANTAGEM?

Alem das vantagens espirituais, a pratica desta mitzvah aproxima os casais que se amam, independente de quantos anos de casamento tenham, jah que eles sempre estao em expectativa pelo periodo em que poderao se tocar.




ESSA MITZVAH TEM PODERES MAGICOS DE UNIR CASAIS E TORNAR OS FILHOS MAIS SANTOS, INTELIGENTES E BONITOS?

Nao ha magica no Judaismo.


Se um casal se encontra em crise e deseja salvar seu casamento, alem de taharat hamishpacha, eles devem dialogar bastante e se for necessario, procurar ajuda profissional.


Mitzvot nao sao formulas magicas, sao atos que nos conectam a Hashem.


Hashem criou seres humanos que Ele ama, e nao fantoches manipulados em um circo de magicas.


"Filhos de mikva" ou nao, somos humanos = responsaveis por nossas escolhas e por nossas acoes.


Hashem coloca a nossa frente o caminho da vida e da morte e nos diz para ESCOLHER A VIDA! Devarim (Deuteronomio) 30:19


A escolha eh nossa.





QUEM PRATICA TAHARAT HAMISHPACHA?

Ao contrario do que todos pensam, 100% das mulheres religiosas e muitas seculares (nao-religiosas) praticam esta mitzvah.


Em Israel, onde 100% dos casamentos entre judeus devem ser registrados na rabbanut, tanto judias ultra-ortodoxas quanto ateias recebem aprendem esta mitzvah em um curso de como se cumprir esta mitzvah.


O resultado eh que depois do curso, MUITAS das judias seculares reconhecem a importancia desta mitzvah e a cumprem de livre e espontanea vontade.


Fora de Israel, onde o curso eh opcional (ninguem vai obrigar uma judia nao religiosa a estudar esta mitzvah), algumas mulheres nao-religiosas tambem decidem aprender cumprir a mitzvah de pura e espontanea vontade, assim como as israelenses. Kol hakavod (parabens!) pra elas, pois realmente estao cumprindo a mitzvah de coracao e com muita sinceridade!