© 2015 por Vida Pratica.  

Vamos Falar de Chabad.

13.11.2015

Pra quem tah de fora, nada eh mais confuso do que tentar entender o movimento Chabad. Se fora do Brasil, onde ha milhares de sites e centenas de publicacoes judaicas jah eh dificil de "chegar aos termos", nao consigo nem imaginar a situacao de quem tenta entender este movimento no Brasil.

 

"Um cara do Chabad disse isso, mas o outro cara disse aquilo, qual deles tah dizendo a verdade?", "Quem representa a opiniao oficial do Chabad sobre tal topico?", "Pq eu vi um rabino do Chabad afirmando uma coisa, mas dai na internet achei informacao diferente?"

 

Vamos falar sobre isso. Como sempre, de maneira clara, direta e respeitosa.

 

Eh extremamente dificil falar do Chabad, acreditem... principalmente pra mim que gosto das ideias boas do movimento (kiruv), uso seus servicos quando viajo, vou a varios de seus eventos, cedo minha propria casa para algumas suas palestras (a sala de estar eh grande, perfeita p/ reunioes de sras.), voluntario meu tempo e servicos para eles qdo necessario, tenho amigas super legais que sao Lubavitchers... enfim... nao sou Chabad mas curto o lado legal deles. Mas ao mesmo tempo me afasto totalmente do lado "nao legal" existente no movimento e passo longe de individuos "sem controle" que se infiltraram ali. Por isso a necessidade de um post em LINGUA PORTUGUESA sobre isso. Nem tudo o que reluz eh ouro... nem todo membro do Chabad representa o Chabad.

 

Ok, vamos comecar: 

 

A principio, a confusao em tentar entender o Chabad se dah ao fato de que este movimento NAO EH UNIFICADO, ou seja, ha varias vertentes do Chabad e cada sinagoga (comunidade) opera de forma independente da outra... por isso, a opiniao de um membro ou mesmo um rabino Chabad nao representa a opiniao do movimento como um todo, mas sim a opiniao de um individuo ou de uma comunidade isolada.

 

Eh obvio que alguns rabinos e membros de comunidades diferentes podem dividir o mesmo ideal, mas as vezes nao eh bem o que acontece.

 

Eh inutil pensar que se vc conhece um chabadnik (membro do movimento Chabad), conhece todos.  Ha muitas opinioes e COMPORTAMENTOS diferentes dentro deste grupo.

 

 

De onde nasceram estas diferencas?

Em resumo, cada movimento hassidico segue as diretrizes estipuladas por seu proprio rebbe. Quando um rebbe falece, o movimento hassidico dah boas vindas ao seu sucessor, que pode ser o filho do falecido rebbe ou outra pessoa proxima, como um irmao, sobrinho, cunhado, genro etc. 

 

O novo sucessor, por sua vez, terah a liberdade de mudar diretrizes, criar ou extinguir regras e estipular o que aceitavel ou nao no movimento hassidico em questao... enfim... cada rebbe possui a palavra final nas decisoes que influenciam a vida de seus seguidores. 

 

Pelo fato de nenhum sucessor ter sido eleito pelo Chabad apos o falecimento de seu rebbe em 1994, opinioes diferentes comecaram a surgir dentro deste grupo e com o passar do tempo, algumas destas opinioes evoluiram bastante... o que causou e estah causando uma certa separacao entre os Lubavitchers. 

 

Sem a presenca fisica de um rebbe, os membros de um movimento hassidico possuem total liberdade de discordarem entre si, pois na ausencia de um rebbe, nao ha um "presidente" ou "representante oficial" a se consultado, por isso a separacao de ideologias e valores religiosos. 

 

 

 

Quais sao as diferencas encontradas no Chabad?

Encontramos no Chabad individuos ou comunidades com bom senso e individuos ou comunidades que fogem do que eh considerado aceitavel. 

 

Escolha um topico: abuso sexual, messianismo, fraude, conduta religiosa, envolvimento com a sociedade, etc, etc, etc. Para cada topico que vier a sua mente voce encontrarah opinioes diferentes vindos de diferentes rabinos e comunidades.

 

Exemplo pratico: Abuso sexual infantil

 

1 - semana que vem aqui em Montreal o Chabad estarah apoiando e divulgando um evento do JCW (Jewish Community Watch, que eh uma organizacao que lida com abuso infantil, denunciando predadores e ajudando as vitimas no que der e vier) e o rabino cujo nome estah sendo usado como carro-chefe para atrair os judeus a participarem desta palestra TENSA eh o super influente R. Moshe New, do MTC (Montreal Torah Center) maior e mais organizada sinagoga Chabad da cidade. Rabino Moshe New divulgando os perigos do abuso infantil e pregando que devemos denunciar os criminosos e ajudar as vitimas.

 

Por outro lado....

 

2 - R. Manis Friedman, que eh um rabino Chabad americano e muito famoso devido aos livros que escreveu, inumeras palestras e videos de Youtube ateh pouco tempo era visto como "uma voz do Chabad" (muitos pensam que ele eh um tipo de 'relacoes publicas' ateh hoje), mas quando questionado sobre este assunto, ele fez afirmacoes totalmente absurdas ridicularizando e desrespeitando as vitimas, seus familiares, minimizando os efeitos de estupro de criancas e ainda comparou abuso sexual infantial a diarreia... tipo assim... no final do topico vou traduzir o que ele falou exatamente (ele faz afirmacoes horrendas). 

 

 

AGORA, DOIS RABINOS INFLUENTES COM IDEIAS TOTALMENTE DIFERENTES. Qual deles seguir? (dica: Moshe New, heim galera!!)

 

Este eh o dilema que muitos enfrentam. E quem nao conhece os dois rabinos, fica ainda mais confuso.

 

Por isso repito: se voce pensa em se unir ao Chabad, faca uma auto-avaliacao de seus valores pessoais e soh depois pesquise sobre os valores do rabino e da comunidade que vc pretende se filiar. A maioria das comunidades  sao bem legais. 

 

 

 

 

Messianismo

Este eh o assunto mais delicado e ateh doloroso de se comentar... mas ... eu realmente nao achei nada em Portugues sobre isso... entao... vamos lah esclarecer um pouco o assunto para evitar rumores. 

 

 

 

O que significa ser messianista?

 

Apos o falecimento de seu rebbe, a ideia de que "ha um Mashiach em cada geracao"  cresceu mais do todos previam em certas comunidades Lubavitchers, o que alimentou o desejo de certos individuos a praticar o messianismo de forma hardcore.

 

Assim sendo, tais individuos (e ateh mesmo algumas comunidades) adotaram a ideia de  "Mashiach em cada geracao" como se fosse uma verdade absoluta do Judaismo (este nao eh um principio encontrado na teologia classica do Judaismo, ateh onde eu saiba, se alguem tiver alguma referencia que prove o contrario, eh soh falar). 

 

Com o tempo, esta nova "verdade absoluta"  comecou a alterar o dialogo e ateh mesmo comportamento religioso destas comunidades e individuos.

 

Para Lubavitchers  messianistas hardcore, o "rebbe nao morreu, mas estah em algum lugar esperando o momento oportuno para retornar". E em seu comportamento messianista hardcore, adotam praticas que assustariam ateh mesmo o proprio Rebbe Menachem Mendel z"l, se ele estivesse vivo.

 

Alguns individuos messianistas extremos se tornam muito violentos se confrontados e nao pensam 2 vezes em agredir fisicamente quem discorda de seus principios. Se vc topar com algum por ai, deixe-o falando sozinho, nao adianta discutir com eles.

 

 

Mas todo mundo Chabad sabe disso? Pq ninguem faz nada a respeito?

De uma certa maneira, TODOS os membros do Chabad sao messianistas... o que difere eh o grau de messianismo em cada um.

 

A ideologia de que "ha um Meshiach em cada geracao" pode ser interpretada de varias maneiras. Por exemplo:

 

Ha membros do Chabad que curtem a ideia mas nao fazem dela o seu proposito de vida... ha membros do Chabad que amam esta ideia e estao sempre divulgando para quem nao acredita... ha membros do Chabad que adoram esta ideia e alem de prega-la a quem nao acredita, ainda saem nas ruas pregando "as boas novas" pra quem passa na calcada e ha os membros que assumiram a ideia de que o seu rebbe eh mesmo o Meshiach e se vc discordar, leva um soco no meio da cara.

 

Ha varias nuances e varias formas de interpretar uma ideia... o problema eh que os messianistas mais intensos dao uma imagem muito ruim ao Chabad... mas muito ruim mesmo...  e o mais intrigante eh que eles se orgulham tanto de sua  ideologia messianista que se filmam e postam no Youtube seus feitos, que sempre espantam todos os judeus nao-Chabad (e nem imagino o que os  nao-judeus acham desses videos....).

 

 

 

Messianistas na 770 (seven-seventy)

A sinagoga que pode ser vista como uma especide de sede do Chabad eh a 770 (seven seventy) em NY, que eh onde o seu rebbe rezava.

 

Uns poucos anos atras havia muitos rumores de que "messianistas se infiltraram na 770"... com o tempo os rumores se fortaleceram mais e mais e hoje em dia, eh de lah que surgem as historias e videos mais controversos do movimento. Alguns assustam... outros sao ateh engracados... mas no final do dia, todos promovem uma imagem muito ruim ao movimento como um todo, pois quem nao conhece, pensa que toda sinagoga Chabad eh assim.

 

 

Os videos 

 

a) no inicio tudo parece normal, se eu fosse um homem, gostaria de estar lah com esse grupo dancante. Ha dois rapazes com a bandeira amarela de 'Meshiach', mas tudo bem, faz parte do momento e uma bandeira por si soh nao quer dizer nada... mas nos 2:11 do video os cartazes na parede "Master Teacher Rebbe King Meshiach Forever and Ever" levantam algumas questoes : https://www.youtube.com/watch?v=LnJqG1A7V_w&list=PL3JM4BFnXFN27CirK64njPeyN7qKFlyH0

 

 

b) aqui a situacao jah fica um pouco mais... intensa... digamos assim, onde criancas e adultos rezam em direcao a cadeira que pertencia ao Lubavitcher rebbe (o que preocupa sao as criancas mostradas no video... crescer idolatrando uma cadeira eh muito diferente do que crescer sabendo que aquilo eh somente uma cadeira que foi usada por alguem importante... uma amiga que eh prof. de uma escola Lubavitch aqui na cidade me disse que uma vez uma foto do Rebbe se descolou da parede e caiu no chao, 3 criancas pularam das carteiras em pelo desespero gritando "Nao!!!" na tentativa de salvar a foto e qdo uma delas pegou a foto do chao, pediu desculpas... as 3 beijaram a foto... e a entregaram a minha amiga, que estava petrificada pelo ocorrido. Minha amiga nao eh Lubavitcher.): https://www.youtube.com/watch?v=yxXGthzcpR0

 

 

c) e os judeus que mantem a tradicao de rezar selichot (pra quem nao sabe o que eh selichot, explico no final do post) com toda solenidade nao conseguem entender este video da selichot deste ano celebrada na 770... qdo eu levei meu laptop pro meu marido ver e perguntei "que evento eh esse?, e ele "Purim?" e eu "nao, eh selichot"  : https://www.youtube.com/watch?v=hTGHhZgX3xA

 

 -   qualquer judeu que nunca foi a 770 diria que o inicio deste video eh uma festa de casamento ou uma celebracao de Purim, ninguem jamais adivinharia que estao rezando selichot...

 

  -   1:59m do video REALMENTE nao parece selichot... cambalhotas inclusas...

 

  -  3:00m, ai o servico religioso fica mais parecido com a selichot tradicional

 

  -  4:46m, qdo este video saiu, o comentario principal foi sobre este momento onde alguns individuos parem rezar em direcao a cadeira do rebbe e nao em direcao ao Haron Kodesh (onde fica a Torah)

 

  -  9:27m, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo... 

 

  -  12:11m, se voce gostou do cara que dah cambalhotas no 1:59m, pode ve-lo pulando aqui tbm

 

 

d) - pregando as "boas novas" que o "Messias Estah Aqui (Messiah is here)" aos nao-judeus no 3:29m do video (prefiro nem traduzir o que o garoto no comeco do video estah dizendo... mas quem eh evangelico vai ter uma ideia... eh tipo as mesmas palavras que pastores falam em caravanas evangelisticas... bom... isso ai no video EH uma caravana evangelistica, p/ falar a verdade...) : https://www.youtube.com/watch?v=urgCOvs6fPs&index=5&list=PL3JM4BFnXFN27CirK64njPeyN7qKFlyH0

 

 

 

Por todos os videos que eu jah vi do Rebbe Menachem Mendel z"l, entendo que ele era muito carismatico, simpatico e me dah a impressao de que foi uma pessoa feliz e eh por isso que eu e 100% dos judeus que nao sao Lubavitchers temos serias duvidas se ele aprovaria este tipo de atitude.  

 

----------

 

Mas eh assim toda sinagoga Chabad?

Nao.

Como disse acima a 770 (seven seventy) funciona como uma especide de sede, de ponto de encontro principal... onde todos os chabadiniks das mais varias vertentes do Chabad se encontram. Por isso este video JAMAIS pode ser tomado como referencia de como sao os servicos religiosos de uma sinagoga Chabad convencional.

 

 

 

E como eh o servico religioso em uma sinagoga Chabad convencional?

O clima eh normal, tranquilo e solene, como qualquer outra sinagoga. 

 

As vezes... soh as vezes... encontramos uma "Chabad house" mais informal que foge do comportamento padrao... mas eh raro encontrar, nao se preocupe.

 

 

 

Se os messianistas dao uma impressao errada do movimento, porque ninguem pede p/ eles manerarem seus discursos?

Quem vai pedir? E mesmo se alguem pedir, quem iria obedecer?

Em grupos hassidicos, SOH a palavra do rebbe eh obedecida... os outros membros do grupo, mesmo que estejam 100% corretors em um assunto, nao sao ouvidos.

Por isso que jah que Chabad nao possui um rebbe vivo, nao ha como remediar a situacao e o movimento se divide em varias nuances... e ai cada seguidor escolhe que comunidade condiz mais com seus valores pessoais e a vida segue adiante...

 

 

 

 

CONVERSOES

Chabad nao faz conversoes. 

 

"Mentira, Esther! Logico que faz! Eu conheci..."

 

Nao. Nao faz. Regra do Rebbe.

 

"Nao faz sentido, entao como eh que..."

 

Regra do Rebbe feita na decada de 70. Muitas pessoas aprendem com o Chabad durante seu curso de conversao, mas o beit din que EFETUA a conversao jamais eh Chabad, eh um beit din ortodoxo registrado na rabbanut, mas que nao eh composto por rabinos Chabad, mas por rabino ortodoxos que nao seguem este movimento

 

O Rebbe estabeleceu esta regra para que seus membros focassem exclusivamente em kiruv (alcancar judeus nao-religiosos e traze-los "de volta" as suas tradicoes). No entanto, convertidos que fizeram seu curso de conversao com o Chabad e hoje em dia fazem parte deste movimento vivem suas vidas como qualquer chabadnik, ou seja, seguem todas as regras e se tornam messianistas tambem, em certo grau.

 

NO ENTANTO, ha muitos batei din que nao gostam quando um candidato a conversao lhes diz que vai se tornar Lubavitcher. Tais batei din dizem ao candidato (na verdade, ordenam) que ele aprenda Judaismo com uma outra comunidade ortodoxa, preferencialmente nao hassidica, para que o candidato veja como sao os outros segmentos do Judaismo e soh entao decida se quer mesmo se tornar Lubavitcher. Por que fazem isso? Por causa dos videos acima... e de muitos outros por ai... e dos rumores ("770 basement mynian" eh o mais recente, nao vou explicar mas entendedores entenderao) que vagam por ai...

 

Quem nasce no movimento Lubavitch sabe que ha diferencas de opiniao dentro do grupo... mas quem quer se converter nao sabe de nada e toma todas as licoes de uma maneira literal. Entao para evitar riscos, eh aconselhavel que o candidato a conversao veja e se envolva com outros grupos judaicos para se decidir sobre o rumo que quer tomar na vida.

 

Alem disso, Lubavitcher chassidim possuem alguns costumes que sao mais estritos que outros grupos judaicos... a coisa fica hardcore durante Pessach (mulheres, se informem direito pq sao as mulheres que preparam Pessach!!!!) ... e nao eh todo mundo que gostaria de assumir tais compromissos a longo prazo. 

 

 

 

Chabad e Bnei Anussim

Sei que ha muitos descendentes de Bnei Anussim acompanhando meu blog. Se vc eh um deles leu direito o que escrevi acima percebeu que nao ha "Chabad e Bnei Anussim" porque a prioridade do Chabad eh cuidar de judeus de nascimento e fazer kiruv (se esfocar para apresentar preceitos religiosos a judeus seculares). Tribos perdidas despertam o interesse de outros grupos judaicos. Portanto, se alguem te disser "hey, o Chabad quer visitar sua comunidade anussita", FUJA. Nao eh Chabad. Chabad NAO TEM O MINIMO INTERESSE em ir atras de comunidades anussitas ou de qualquer outra comunidade de nao-judeus. Nenhum interesse. Se alguem estah usando o nome do Chabad p/ entrar em sua comunidade, feche as portas na cara e sem cerimonia. Nao eh Chabad, eh fraude.

 

 

Chabad e Bnei Noach

Ai sim ... alguns rabinos Chabad realmente dao aulas a Bnei Noach MAS, POREM, NO ENTANTO, TODAVIA eles deixam bem claro logo de cara que soh querem dar suas aulas a bnei noach interessados. Nenhum rabino Chabad vai se infiltrar dentro de comunidades anussitas sem deixar claro seu proposito a fim de  procurar "pescar" novos membros. 

 

 

 

Pode ser meio estranho ler essas coisas em portugues, mas posts como este sao tao comuns na Am. do Norte que ninguem nem liga mais... e nem te contei as inumeras piadas que rolam sobre Chabad ... ateh eles mesmos fazem piadas sobre os messianistas... fazer o que? Messianistas hardcore sao poucos (eu espero que sejam... sei lah...), mas seu numero eh suficiente para passar uma imagem muito ruim do movimento para judeus nao-Lubavitchers e ateh nao-judeus.

 

 

 

 

A piada mais popular:

"Qual a religiao mais parecida com o Judaismo? Chabad!"

(nao vou contar as menos populares pq vai que alguem ainda se invoca? huahuahauahua  mas eh por ai... muita gente faz piada ou fala serio mesmo que o Chabad estah se transformando em outra religiao devido aos messianistas...)

 

 

 

No fundo, eu curto o lado "normal" nao messianista do movimento (sorry, mas NENHUM TIPO de messianismo desce na goela de um guer que veio do Cristianismo protestante).

 

 

 

Entendeu agora o que quero dizer?

Assim sendo, mesmo que voce ouca ou leia alguma entrevista com um rabino Chabad, saiba que ele NAO representa o movimento inteiro, mas somente as ideias da comunidade onde ele trabalha. 

 

Isso gera mal entendidos enormes. Pois as vezes saem noticias nos jornais totalmente desagradaveis envolvendo certos rabinos Lubavitchers e... as coisas que tais rabinos polemicos falam nao representam a ideologia do movimento como um TODO. Tais rabinos soh falam por si e por suas comunidades. 

 

Mas isso nao eh tudo... tem coisa PIOR: quando INDIVIDUOS que nao sao rabinos e muito menos passaram perto de uma yeshiva saem por ai ensinando ABOBORAS para as massas de nao-judeus que nao tem a minima ideia do papo-pra-boi-dormir que estao ouvindo e informacoes enganosas que estao recebendo. Cuidado Brasil.

 

 

 

Ha messianismo no Brasil?

Moderado, sim, como ha em todos os paises onde ha um emissario do Chabad.

Hardcore? Nao sei, tvz sim, sei lah. Geralmente os messianistas hardcores estao em NY ou Israel... mas nada impede que um INDIVIDUO se torne messianista cabeca dura. Se vc encontrar alguem assim, eh pura perda de tentar discutir com ele, acredite...

 

 

 

Qual o futuro do Chabad?

Nao precisa ser profeta pra saber, eh soh estudar um pouco de Histori: cristaos, muculmanos e budistas sabem exatamente o que acontece quando um lider religioso nao deixa sucessores.

 

O que vai acontecer eh que o grupo irah crescer muito e se dividir de maneira que um extremo nao reconheca o outro como valido... seguindo o raciocinio logico e exemplos historios, o grupo messianista se tornarah mais e mais hardcore a cada nova geracao ateh o ponto de se organizar e crescer independente do "grupo Chabad original e moderado"... daqui a uns 100 anos, por exemplo, nao existirah NINGUEM que viu o seu rebbe ainda vivo... e se as novas geracoes hoje em dia gritam para nao ver uma foto dele cair no chao, imagina como serao depois de 4 ou 5 geracoes de criancas nascidas e criadas em messanismo hardocore? Cedo ou tarde algum homem vai se denominar um lider... e isso vai quebrar o movimento em 2... dai outro lider surgira... e quebrarah em 3... ai, ai... 

 

Bom... mas isso soh quem viver verah. Pessoalmente, eu nao me incomodo com o messianismo para com um rebbe ou outro pq sinceramente esta ideologia nao me afeta em nada. Acho que guerim que sairam do lado protestante do Cristianismo sao imunes a esta ideia.

 

Falo isso tbm pq eh mais ou menos o que aconteceu com o movimento Breslov.

 

 

Breslovim

Quando o Rebbe de Breslov faleceu tbm nao deixou sucessores. No inicio tudo seguiu mais ou menos como era antes mas com o tempo as diferencas ideologicas entre grupos de breslov hassidim comecaram a surgir.

Hoje em dia, mais de 300 anos apos a morte de seu rebbe, breslovers se encontram divididos em grupos diversos... ao ponto de que alguns nao reconhecem os outros como validos... e as praticas religiosas tambem diferem de um grupo para o outro. 

Surgiram lideres breslovers... nenhum se auto-nomeou um "novo rebbe", mas se auto-denominaram lideres e isso dividiu mais ainda o movimento.  

Hoje ha os breslovers de Meah Shearim que se dizem "os verdadeiros Breslov hassidim", os moderados (que nao se auto-intitulam como "verdadeiros") que sao encontrados em qualquer lugar fora de Meah Shearim, seguidores de 'rabinos famosos que nao se bicam' (dai seus seguidores nao se bicam tbm).

 

Vou dar 3 exemplos que me vem a mente:

1. o controverso rabino Eliezer Berland que foi acusado por varias seguidoras de assedio e estupro e ateh hoje estah sendo perseguido pela policia, fugindo para diversos paises a fim de escapar julgamento em Israel, entre outras situacoes

 

2. os "Breslovers verdadeiros de Mea Shearim" que nao estao afim de se envolver com Berland...

 

3. os Nanach que nao sao reconhecidos por ninguem alem deles mesmos (nenhum breslover curte nanachs porque os nanachs acreditam na tal historia do petek, ou seja, acreditam que a alma do proprio R. Nachman desceu dos ceus, foi ateh a yeshiva onde o rabino deles, Ben Odesser, estudava... dai pegou uma caneta, uma folha de papel e escreveu uma mensagem... e depois de ter escrito a mensagem em Hebraico com uma unica linha em Yidish, pegou um livro, abriu e colocou tal mensagem dentro do livro para ser encontrada pelo rabino em questao... Ben Odesser... e se um nanach disser que nao acredita nisso, ele NAO EH CONSIDERADO UM NANACH! Eh expulso do grupo. Acreditar no petek eh a lei. Nao eh brincadeira, eh muito serio isso. A teoria mais popular sobre tal carta eh que um colega de yeshiva do proprio R. Odesser escreveu tal carta e a colocou em um livro que ele sabia que o R. Odesser gostava... bom... agora vc sabe: se nao acreditar que o petek eh legitimo, sorry, vc nao pode ser Nanach MAS pode ingressar no movimento Breslov convencional...)

 

 

 

 

Pensamento pessoal...

Como isso aqui eh um blog e blog nao tem filtro, penso que uma das vantagens dos breslovers sobre os chabadniks eh que o Rebbe Nachman escreveu livros, enquanto que o ultimo Rebbe de Lubavitch nao. Enquanto brelovers possuem guias literarios escritos por seu rebbe, lubavitchers dependem de livros escritos por pessoas que conheceram o seu rebbe... tipo... se alguem quiser te vender um livro que foi supostamente escrito pelo ultimo Rebbe de Lubavitch, nao compre, pois ele nao escreveu nenhum.

 

 

 

MALDITO YOUTUBE!!!!!!!!

O Youtube eh um criador de celebridades.

Um rabino faz um video, fala o que lhe der na telha e voi-la... milhares de seguidores pensarao que ele tem razao soh pelo fato de ter filmado a si mesmo e postado no Youtube. Nao importa o tamanho do absurdo ou da mentira que tal rabino fale... contanto que ele tenha video no Youtube, tudo o que ele falar eh considerado verdade absoluta!!!!! (a coisa fica pior quando os postadores nao sao rabinos... nem professores... nem lideres de nada... ai, ai... )

 

 

--- traducao da palestra sobre abuso sexual dada pelo rabino Manis Friedman que ateh entao era considerado uma "voz do Chabad"... hoje em dia ele ainda solta suas perolas, mas pelo menos nao mais considerado "a voz", mas apenas uma entre varias vozes:

 

Em ingles:

"You are not that damaged -- cut it out," he said. "If in fact you did do an averiah, so do two mitzvois (good deeds). Regain your balance."

Rabbi Friedman suggests abuse was endemic within the ultra-orthodox community, saying "there is hardly a kid who comes to a yeshiva, to a program, that hasn't been molested". In a lengthy and at times rambling interview, the rabbi recalls the case of an abuse victim who sought his advice on whether to tell his fiance about his experiences.

"He said: 'Do I have to tell that I was molested?'. I said: 'Do you have to tell that you once had diarrhoea?' It's embarrassing but nobody's business."

The rabbi also recalls a conversation he had with a girl who confided in him that she was molested when she was nine. "So? Nobody is allowed to touch you? What are you, holy?" he said. "I said to this girl . . . 'Do you think you are the only one who was molested? Do you think your mother and grandmother back in Russia made it through their teenage years without being molested by a shegetz? Why are you so fragile?"

 

 

 

Traducao:

"Você não eh tão danificado, pare de reclamar ", disse ele." Se na verdade você fez uma transgressao (molestou alguem ou foi molestado), então eh soh fazer duas mitzvot (boas ações). Recupere o seu equilíbrio. " Rabino Friedman sugere abuso infantil era endêmico na comunidade ultra-ortodoxa, dizendo que "não há praticamente um garoto que chega a uma yeshiva, para um programa, que não tenha sido molestado". (...) o rabino recorda o caso de uma vítima de abuso que buscava o seu conselho sobre a possibilidade de contar a sua noiva sobre suas experiências. "O rapaz disse: 'Eu tenho que dizer a ela que eu fui molestado?" Eu (r. Friedman) disse: "Você tem que dizer a alguem que você já teve diarreia? É constrangedor, mas nao é assunto de ninguem (soh seu). "

O rabino também relembra uma conversa que teve com uma garota que confidenciou-lhe que ter sido molestada quando tinha nove anos de idade. (o rabino lhe respondeu) "Então? Ninguém está autorizado a tocar em você? O que você eh, uma santa?" ele disse. "Eu disse para esta menina: Você acha que você é a única que foi molestada? Você acha que sua mãe e avó nos tempos que moravam na Rússia chegaram ateh a  adolescência sem terem sido molestadas por um shegetz (termo defamatorio usado para descrever um homem nao-judeu de mah indole)? Por que você eh tão frágil?" 

 

 

 

Wow... esse caso rolou na midia por um bom tempo... o povo fala disso ateh hoje... depois de alguns dias de pressao da midia por todos os lados ele pediu desculpas no estilo Chaves "foi sem querer querendo"... ha quem duvide que o pedido de desculpas foi sincero. Se vc fala ingles e quer conferir mais perolas deste individuo, ai vao umas mostradas no blog Daas Torah: http://daattorah.blogspot.ca/2013/01/r-manis-friedmans-problematic-views-of.html 

 

A ultima perola dele saiu uns dias atras, qdo ele disse que hassidim solteiros deveriam escolher uma esposa assim como fazem para escolher um par de sapatos huahauhauahauhauahau por isso eh que ha muita gente que duvide que o pedido de desculpa dele tenha sido sincero. Qdo alguem realmente se arrepende de algo, muda seus caminhos.

 

Ele ainda possui milhares e milhares de seguidores.

 

Antigamente qdo alguem falava uma abobora, a gente fingia que nao ouviu e a vida seguia adiante... mas hoje em dia c/ o Youtube... cara... ou o individuo aprende a se comunicar ou que fique em silencio.

 

 

Well, fico por aqui hoje. 

 

Sim, curto Chabad e participo de alguns de seus eventos. 

 

Nao, nao curto o lado messianista e mantenho distancia de individuos hardcore.

 

Se informe antes de sair acreditando em tudo qto eh sub-celebridade religiosa que vc encontrar no Youtube.

 

 

SELICHOT = rezas especiais, suplicas de perdao que sao feitas por alguns dias, antes de Yom Kippur, de uma maneira bem mais seria que a mostrada no video. 

 

 

Kol tuv,

E

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

Please reload

Posts Destacados

O Que é um Rabino? O Que é Semicha?

October 21, 2018

1/10
Please reload

Procure por Tags