Perguntas & Respostas Praticas sobre Israel!

Voltei de uma viagem a Israel na segunda-feira passada e tudo correu bem, B"H. Enquanto estava lah, abri oportunidade para quem tivesse alguma duvida sobre como eh o dia-a-dia da vida israelense, perguntasse na pagina de Facebook do blog. Algumas pessoas escreveram e aqui vamos nos, responde-las! :)


Nao publiquei o nome de quem fizeram as perguntas, pois nao sei se eles(as) querem seus nomes publicados aqui... mas deixo o aviso que terei grande prazer em dividir sua 'identidade secreta' conosco hahah se vc aprovar que seu nome seja revelado ao mundo, eh soh me mandar um 'oi' para vpjudaica@gmail.com


Postei varios videos e muitas fotos desta viagem na pagina de Facebook do blog, se vc ainda nao deu uma olhada, aqui estah (mesmo que vc voce NAO TENHA FACEBOOK, vc consegue ver as fotos, porque o perfil da pagina eh aberto a todos): https://www.facebook.com/vidapraticajudaica/




1. Que lindo o Kotel!!! Esther, me tira uma dúvida: judeus tbm colocam papelzinho com pedidos no muro ou isso é coisa de visitante?

Depende.


Muitos Judeus que nao moram em Jerusalem costumam trazer seus papeizinhos com nomes de entes queridos e coloca-los no Kotel antes ou depois de rezar.


Agora Judeus que moram em Jerusalem nao costumam (no geral) colocar os papeizinhos porque eles podem ir ao Kotel a qualquer hora, ha onibus o tempo todo de varios pontos da cidade (dependendo de onde mora-se, dah pra ir a peh), entao eles nao sentem necessidade de colocar papeis no Muro. No entanto, nada impede que um morador de Jerusalem coloque seu papelzinho lah.


Vemos muita coisa interessante no Kotel... uma vez eu vi duas senhoras fazendo CHALLAH perto da entrada masculina do Kotel... e elas estavam rezando bastante enquanto preparavam a massa.




2. comenta sobre hj, como esta tudo ai, no dia dos namorados Judaico.

Essa pergunta eh referente a TU B'AV (15 de Av), que eh popularmente conhecido como um tipo de 'Dia do Amor'.


Nao se ve nada de especial nas ruas... nao ha nenhum costume de celebrar o "dia dos namorados" em Tu B'Av, como se faz no Brasil em 12 de Junho ou no resto do mundo como em Valentine's Day.


Porem, como eh um semi-feriado religioso, vemos muuuuuuuuitos casamentos neste dia. Noivas e mais noivas saindo de predios, entrando e saindo de carros, andando em frente a 'simcha halls' (saloes de festa)...


Agora... ha em algumas cidades (Shilo, Beer Sheva, Jerusalem, Galileia, Tel Aviv... etc, etc, etc) shows de musica e outras manifestacoes artisticas.


O festival de Tu B'Av mais popular eh o que acontece em Shilo: eles tipo que imitam o festivam que acontecia na epoca do Templo. Me disseram que ha uma danca SOH PARA MULHERES que acontece por lah. Cerca de 2000 mulheres se vestem de branco e dancam ao ar livre. Mas nao se preocupem rapazes, ha atividades pra vcs tbm!


Fora de Israel, as vezes encontra-se uma ou outra festa neste dia... mas eh coisa rara.


Se voce quiser saber mais sobre este dia, a unica explicacao em Portugues que encontrei vem do site do Chabad, vale a pena conferir:

http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/603074/jewish/Tu-Beav.htm



3. Ahh...cuidado com as liquidações/promoções, dizem que em Israel elas são irresistíveis hahahaha


Nao eh uma pergunta, mas... vale a pena comentar: se o turista sabe ONDE comprar, encontrarah liquidacoes sim. Se o turista soh souber andar na area de turista (pontos turisticos famosos) entao o dinheiro evaporarah de suas maos na velocidade da luz! Antes de pensar em compras, lembre-se que tudo em Israel eh voltado para o turista AMERICANO... apesar do valor do Shekel ser bem semelhante ao do Real (R$0.85 = 1 Shekel, aprox.), os valores cobrados na maioria das lojas sao altos para o turista brasileiro... pesquise bem!



4. Mulheres religiosas do EXERCITO????




A Amanda tinha feito uma pergunta sobre como fica a situacao de mulheres ortodoxas no Exercito Israelense... eu nao consigo encontrar essa pergunta, mas... se faltar algum detalhe, me mande um "oi", Amandita! :)



Vamos lah: quando o assunto eh EXERCITO, ha 2 tipos de ortodoxia: a ortodoxia que apoia o Estado de Israel e a ortodoxia que nao apoia o Estado.


Homens ortodoxos que apoiam o Estado, se alistam no exercito como qualquer outro jovem Israelense. Homens ortodoxos que nao apoiam o Estado, se conseguirem provar que sao ultra-ortodoxos, podem ser dispensados do servico militar.


Mulheres ortodoxas que apoiam o Estado de Israel podem pedir dispensa, mas a uma boa porcentagem prefere servir o Exercito.


Ortodoxas que ocupam funcoes administrativas nao precisam carregar armas no seu dia-a-dia (dependendo do departamento onde ela trabalhe), mas quando iniciam o treinamento basico, sao treinadas a manusear armas, como qualquer soldado: a arma eh praticamente uma extensao do corpo de todos os soldados, deve estar sempre a mao, soldados dormem com suas armas, a carregam a todos os lugares etc.


Uma mulher ortodoxa (e homem tbm) pode pedir dispensa de carregar sua arma no Shabbat.


Ortodoxas que preferem se alistar para 'servicos externos', carregam armas durante todos os anos de servico militar.


O que seria um 'servico externo'? Areas de fiscalizacao entre uma cidade e outra, vigiar bases militares espalhadas pelo pais, etc.


Mulheres, sejam elas ortodoxas ou ateias, judias ou nao judias, sao proibidas de servir na linha de frente do exercito. Jamais veremos mulheres adentrando areas de combate.


Mulheres ortodoxas podem usar saia durante o servico militar (dependendo do trabalho que ela tem que exercer, deve usar saia por cima da calca comprida) e mantem todos os direitos religiosos que elas pedirem. No entanto, as vezes elas precisam de um pouco de chutzpah (uma certa arrogancia na atitude e modo de falar) para consegui-los, jah que a maioria absoluta de seus superiores nao sao religiosos e muitas vezes, nao conhecem os "direitos" que as soldadas religiosas pedem.


Esta eh Fayga Marks, uma jovem charedi da cidade de Ramat Bet Shemesh que realizou seu sonho de ser parte do exercito. Voce pode ler o testemunho dela neste site: https://www.ou.org/jewish_action/03/2013/the-courage-to-serve-a-chareidi-woman-in-the-idf/



Kol tuv,

Esther


















Tags:

Posts Destacados