Lev Tahor - Um Coracao (Nada) Puro


ATUALIZACAO - 9 DE JULHO DE 2017


O lider da seita Lev Tahor (as vezes descrita pela midia como o 'Taliban Judeu'), R. Shlomo Erez Helbrans, 55, faleceu na sexta feira, 7 de julho de 2017, vitima de afogamento no rio Shujabal, na cidade de Unión Juárez que pertence a provincia de Chiapas, Mexico.


Helbrans e seus seguidores, cerca de 40 familias, chegaram a provincia de Chiapas, Mexico ha 3 semanas atras depois de terem sido expulsos da Guatemala.


Helbrans, filho de pais seculares (nao religiosos) decidiu se tornar religioso sob tutela de professores extremistas. Ele se tornuo mais extremista que seus professores e como seus ensinamentos eram controversos e alheios as praticas do Judaismo contemporaneo, ele decidiu fundar seu proprio "culto hassidico" em meados de 1980.


Teve problemas com a policia israelense e fugiu para os EUA, onde teve problemas com a policia americana depois de ter sequestrado um garoto em 1994, escondendo o garoto de sua familia a fim de torna-lo um de seus seguidores. Helbrans foi preso por 2 anos e ao sair da cadeia, estava para ser deportado para Israel onde responderia por suas acoes controversas feitas em solo israelense.


Dias antes da deportacao, em 2003, ele conseguiu ser aceito no programa de refugiados do Canada (Helbrans mentiu no processo para ganhar este status de refugiado), onde se instalou com seus seguidores em uma area remota do Quebec.


Apos denuncias de maus tratos a menores, Helbrans e seu grupo fugiu do Quebec para outra provincia canadense e quando a justica canadense estava para pega-lo, ele e seguidores fugiram para Guatemala.


Na Guatemala, foram expulsos da primeira cidade onde se instalaram e enfrentaram problemas serios na segunda cidade.


Em abril de 2017, a corte israelense declarou que o Lev Tahor era uma seita perigosa devido ao tratamento que impunham sobre suas criancas e adolescentes (incluindo casamento forcado de menores).


Com medo de enfrentarem a policia israelense, Helbrans convenceu seus seguidores a se mudarem ilegalmente para o Mexico, onde chegaram ha 3 semanas.


Com seu falecimento, ninguem sabe o que o futuro reserva as 40 familias que o seguiam.


A noticia:

http://www.jpost.com/Diaspora/Leader-of-Ultra-Orthodox-sect-Lev-Tahor-reportedly-drowns-in-Mexico-499173


http://www.israelnationalnews.com/News/News.aspx/232174


https://www.ynetnews.com/articles/0,7340,L-4986474,00.html


http://www.timesofisrael.com/leader-of-lev-tahor-cult-drowns-in-mexico-report/


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


POST QUE ESCREVI EM SETEMBRO DE 2016:



Primeiro de tudo, deixo um aviso a Policia Federal e servico de protecao ao menor do Brasil: se o Lev Tahor 'original' estiver mesmo operando no Brasil, como muitos dizem que estah, ha de se investigar se os menores de idade pertencentes a este grupo brasileiro, localizado no RJ, sofrem os mesmos tipos de abuso sofridos pelos menores pertencentes ao Lev Tahor 'original' e se ha o risco de trafico de pessoas feito por este grupo (menores de idade e mulheres) do Brasil para a Guatemala.

Seguidores do Lev Tahor original

Agora, se esse "Lev Tahor brasileiro" eh soh uma maracutaia para cometer estelionato... ai o aviso fica soh p/ a Policia do Estado do Rio de Janeiro: estelionato e falsidade ideologica estao sendo cometidos no bairro Recreio dos Bandeirantes a fim de vender certificados falsos de conversao ao Judaismo com o selo do 'Lev Tahor', trazendo dano financeiro e emocional as vitimas.


Abaixo, foto de um desses certificados de conversao falsos, assinados por um tal de Chezky Gotlieb (imagem feita pelo dono da pagina de Facebook 'Piadas Judaicas' - https://www.facebook.com/PiadasJudaicas/:


Colocam ateh o bagulho em ingles na tentativa de enganar melhor.

O estelionato eh tao cara de pau que ainda colocam o nome "Breslev".

Pq chamo de falso? Varios motivos, mas o que mais chamou minha atencao foi:

Nao ha uma sede do Breslov (tbm oficialmente chamado de Breslov) no Brasil (assim como nao ha Ortodoxia Moderna e tvz nem Lev Tahor original), por isso eh facil falsificar documentos usando o nome de organizacoes que nao possuem uma sede em solo brasileiro. Por isso ninguem pode vender certificados com o nome "Chabad", pq ha sedes do Chabad no Brasil e seus lideres certamente correriam atras se vissem o nome de sua organizacao escritas ou associadas a documentos deste tipo.

Um lider evangelico pode sim transformar sua igreja em uma copia de sinagoga, nada na lei brasileira impede isso, mas... usar o nome de um grupo judaico oficial para persuadir seus seguidores a pensar que ha mesmo uma ligacao entre as duas organizacoes?

Edir Macedo, da IURD age totalmente dentro da lei neste ponto: ele usa artigos judaicos e ateh mesmo construiu uma igreja que imita o formato do Templo, mas em seus certificados de batismo, o nome constante eh o da IURD, ele nao coloca nomes de organizacoes judaicas que nao possuem sede no Brasil... entao... neste ponto ele age de acordo com a lei.

Vender um certificado com o nome "Breslev"... well... isso eh um problema serissimo.


E uma ultima mensagem vai a qualquer veiculo da midia que esteja interessada em investigar o novo fenomeno do estelionato brasileiro, e que tende a aumentar infinitamente nos proximos anos: falsos rabinos em todo o pais, tomando proveito de pessoas que pensam ser descendentes de judeus que fugiram da Inquisicao e chegaram em solo brasileiro alguns seculos atras. Hoje em dia milhares e milhares de pessoas (futuramente, milhoes) pensam que sao descendentes destes judeus e a maioria eh facilmente ludibriada por espertalhoes.


Enfim... agora vamos ao post: Quem são e o que é o Lev Tahor?



Meu primeiro contato com o Lev Tahor foi em 2011, quando noticias deste grupo comecaram a aparecer em jornais e blogs judaicos. Como eu moro em Montreal, Quebec, tomei curiosidade pelo grupo, pois eram meus vizinhos... moravam em uma cidade chamada Saint Agathe, menos de 1 hora da minha casa.


De repente, sairam dos jornais judaicos e comecaram a tomar espaco em jornais nao-judaicos... ateh o dia que tive minha experiencia pessoal com o Lev Tahor.


Na verdade, eu acho que foram duas experiencias pessoais... mas soh posso provar uma... a primeira, foi a vez que vieram pedir dinheiro, batendo a porta de varias residencias no bairro onde moro... mas como na epoca eu nao conhecia o grupo, nao tirei foto nem nada... passou batido... nao posso provar...


Agora na segunda vez, quase que EU sai no jornal... veja bem: estava eu na minha casa em 2011, na VESPERA de Rosh Hashana, quando o telefone tocou. Era uma assistente social perguntando se eu poderia hospedar duas adolescentes judias, que haviam sido interceptadas no aeroporto de Montreal pela policia. Elas chegaram de Israel, soh falavam Hebraico e um tio delas tinha alertado a policia que as garotas seriam levadas a cidade de Saint Agathe, residencia do grupo Lev Tahor, onde seriam forcadas a se casar com 2 homens adultos.


Na epoca eu tinha me inscrito em um programa de auxilio ao menor aqui em Montreal, onde meu lar estava aberto a menores judeus que precisassem de um abrigo temporario.


Como eu nao falo Hebraico, as garotas foram enviadas para outro lar.


Rosh Hashana passou e dai qdo eu liguei meu computador, a noticia de quem eram essas garotas, de 13 e 15 anos, me chocou. O Lev Tahor de Saint Agathe (1 hora de Montreal) tinha "comprado" as garotas, ou seja, pago uma certa quantia aos pais pobres das meninas - que NAO eram Lev Tahor, eram simplesmente judeus comuns e ignorantes que estavam enfrentando dificuldade financeira - e estas foram enviaram ao Canada. As meninas vieram sozinhas, sem ter ideia do que as esperavam. Um tio das garotas que mora em Israel, descobriu este crime e alertou a policia canadense. Na hora que as meninas desembarcaram em Montreal, a policia e o servico de protecao ao menor as aguardavam. As meninas foram enviadas a um lar judaico, onde passaram o feriado e responderam o que puderam a policia e posteriormente foram enviadas de volta a sua familia em Israel. Os pais das garotas dizem se arrepender.


Voce pode conferir parte desta historia aqui:

http://www.theglobeandmail.com/news/national/jewish-sect-girls-ordered-back-to-israel/article4199301/


Quando essa historia bombou na TV e tudo qto eh jornal canadense, outras historias comecaram a surgir sobre quem exatamente eh o tal Lev Terror... opa... Tahor...



MENORES DE IDADE

Os abusos cometidos contra menores de idade, como negligencia, punicoes com violencia fisica, abuso sexual e casamentos forcados foi o que mais ganhou destaque na midia. A coisa explodiu quando o grupo fugiu para a Guatemala, porque dai, os individuos que escaparam das garras dos Helbrans, comecaram a depor... e a coisa toda foi revelada.



QUEM EH O LEV TAHOR?

Eh um grupo formado por judeus que se auto-denominan "hassidicos ultra-ortodoxos" ou "grupo hassidico haredi" que seguem seu "rebbe" (lider de um grupo hassidico) o qual tambem chamam de "rav" (rabino, em Hebraico) Shlomo Helbrans, mas que eh chamado de CULTO por todos os outros judeus do mundo. A policia de Israel, Estados Unidos, Canada e autoridades civis na Guatemala tambem tratam o grupo por CULTO (ou seita).


Shlomo Helbrans

Quem é o líder do Lev Tahor? O líder do Lev Tahor eh Shlomo Helbrans, filho de pais NAO RELIGIOSOS, que enquanto ainda jovem, decidiu se tornar religioso apos assistir a palestras de alguns rabinos anti-Israel. Ele entao nao soh se tornou religioso mas como foi alem: perdeu as estribeiras do que eh uma vida religiosa normal e do que eh exagero psicotico e criou o seu proprio culto.


Como nenhum rabino ou yeshiva (escola religiosa) do mundo apoiou suas ideias, ele criou sua propria yeshiva no inicio dos anos 80. Seu principal ensinamento era que a modernidade corrompe o espirito, chegando ao ponto de proibir seus membros de consumir galinha e ovos, pregando que estes sao geneticamente modificados, eles nao comem saladas pelo medo de que existam tolaim (insetos), entre outras loucuras. Eles comem vegetais (tomates, peninos etc.) mas TUDO DEVE SER DESCASCADO. Eles NAO comem arroz, dizendo que nao eh casher pois ha o risco de encontrar tolaim (insetos), entre outras restricoes alimentares que nasceram na fertil imaginacao de seus lideres.


Helbrans tinha somente 12 seguidores, quando iniciou sua "yeshiva" em Israel. Com o tempo, ele comecou a parar pessoas na rua, dar palestras em onibus a fim de conseguir (em suas palavras, segundo o jornal Haaretz) "NOVAS VITIMAS".


Shlomo Helbrans no inicio da carreira, com seu filho mais velho Nachman e um garoto