© 2015 por Vida Pratica.  

Quero Me Converter Mas Meu Conjuge Nao quer. E Agora?

Varias pessoas se encontram com esta duvida. 

Geralmente rabinos ortodoxos nao explicam em detalhes o motivo que lhes levam a recusar alguns candidatos a conversao, talvez por medo de criar inimigos ou simplesmente pela falta de tempo. Porem eu acredito que a falta de uma explicacao detalhada  eh o que realmente pode tornar uma simples duvida em frustracao... e a frustracao pode evoluir para algum tipo de sentimento negativo mais forte. Entao vamos esclarecer isso de vez!

Ha varias razoes porque rabinos ortodoxos nao aceitam falar de conversao quando soh um dos conjuges (e nao o casal) se interessa por este assunto. Entre elas, a mais importante eh o SHALOM BAYIT (a paz no lar) que pode ser abalada, pois se um dos conjuges se converte e o outro nao... brigas surgirao... conflitos familiares... e tantas discordancias podem resultar ateh mesmo em um divorcio... o que afetaria nao soh ao casal, mas aos seus filhos tbm.

 

Uma vida judaica ortodoxa eh basicamente um COMPROMISSO FAMILIAR e nao individual.

 

Quando falamos de CASAIS, uma conversao ortodoxa requer um compromisso de ambos no tocante a:
 

- pureza familiar
- cashrut
- Shabbat (e feriados)

Eh 100% obrigatorio que um casal ortodoxo mantenha estas 3 regras, e se um dos conjuges se recusar a cumpri-la, haverah crise entre o casal. Eh impossivel cumprir estas 3 regras sem o compromisso de AMBOS os conjuges.

 

 

PUREZA FAMILIAR

Pureza familiar eh uma das 3 mitzvot femininas (1. velas de Shabbat, 2. challah e 3.pureza familiar) e requer um compromisso serio da esposa dentro de um casamento judaico. Entao para um casal onde o marido quer se converter e a esposa nao quer...serah impossivel manter esta mitzvah, o que impossibilitarah a manutencao de uma vida judaica religiosa. O mesmo acontece se a esposa quiser manter, mas o marido se recusar... conflitos surgirao. 

Voce pode ler sobre esta mitzvah neste post que fiz alguns meses atras: 

http://www.vidapraticajudaica.com/single-post/2015/06/08/Pureza-Familiar
 

 

CASHRUT
Quanto a cashrut, se um dos conjuges nao quiser seguir cashrut, serah impossivel manter uma cozinha casher porque o conjuge que nao estah interessado em aprender e manter esta lei acabarah se confundindo (mesmo que inocentemente) e invalidando toda a cashrut da cozinha. 

 

Voce pode conhecer sobre como eh UMA COZINHA CASHER POR DENTRO, lendo este post: http://www.vidapraticajudaica.com/single-post/2015/05/20/Como-eh-Uma-Cozinha-Casher-Por-Dentro

 

SHABBAT e FERIADOS

O que eh pior para um conjuge que mantem Shabbat do que olhar para o lado e ver o seu amado esposo (ou a sua amada esposa) quebrar TODAS as regras de Shabbat? O mesmo se aplica a feriados. Isso pode causar frustracoes e conflitos internos enormes, o que prejudicarah o casamento. Os filhos serao com certeza afetados pelas desavencas. 

 

A curto prazo tudo parece excitante e facil... mas a longo prazo, a situacao pode tomar um sabor bem amargo e se transformar em um mar de rancores e odio. 

 

Quando o assunto eh 'feriados judaicos' a situacao tambem se torna desagradavel porque cada feriado traz sua propria bagagem de tradicoes... e um conjuge que nao quer se converter nao possui nenhuma obrigacao em manter ou ajudar na manutencao destas tradicoes. 

 

 

Entao... caso vc seja casada(o) e pense em se converter ao Judaismo, seja no Brasil ou no Exterior, saiba que nenhum curso pode aceitar soh um dos conjuges. O Judaismo NAO EH UMA RELIGIAO, mas um MODO DE VIDA que tem que ser vivido EM FAMILIA.  

 

 

QUANDO O PROBLEMA ATINGE CASAIS JUDEUS

Bom... vou mexer nesse vespeiro.

 

Um casal de judeus tambem pode ser atingido por este tipo de conflito. Por exemplo, se uma jovem judia ortodoxa se apaixonar por um jovem judeu nao-religioso (ou vice versa) rabinos ortodoxos terao uma looooooooooooooooonga conversa com este casal de enamorados... e tvz se recusem a casa-los.

 

Pq? Pelos mesmos motivos citados no inicio deste post: shalom bayit, pureza familiar, cashrut, Shabbat e feriados. Em um casal onde um conjuge judeu eh religioso e o outro nao eh... uau... eu nem quero imaginar o numero de discussoes, frustracao, situacoes infelizes, possivelmente brigas e danos diversos que podem ocorrer.

 

Sendo assim, qdo um casal de jovens judeus decidem se casar, eh importantissimo que ambos estejam "na mesma pagina" quanto a observancia religiosa. Se ambos nao forem religiosos, ou se ambos forem religiosos, ou se ambos forem mais-ou-menos religiosos, o importante mesmo eh que ambos vivam HARMONIOSAMENTE e construam um ambiente familiar saudavel para si e para seus filhos.

 

 

Se alguem ai tiver mais duvidas ou quiser simplesmente dividir seus sentimentos a respeito deste topico tao sensivel, meu email eh vpjudaica@gmail.com ou vc pode me contactar pelo Facebook, na pagina Judaismo-Vida Pratica Judaica.

 

Kol tuv,

 

Esther

Please reload

Posts Destacados

O Que é um Rabino? O Que é Semicha?

October 21, 2018

1/10
Please reload

Procure por Tags
Please reload