Tristeza e Alegria - Yom Hashoah, Hazikaron e Haatsmaut

 

POST ORIGINAL DATADO DE 21 DE ABRIL DE 2015.

-------------

Quando eu morei em Jerusalem, eu nao tinha ideia do significado de Yom Hashoa, Yom Hazikaron e muito menos Yom Haatzmaut. Eu soh conhecia os feriados religiosos judaicos, e olha lah. 

 

Fui educada em escola publica e nao lembro se algum dos meus professores de Historia mencionou o Holocausto... se mencionou, deve ter sido uma mencao tao breve que passou despercebida.

  

Soh aprendi sobre o Holocausto quando comecei a ler a historia de Israel por livre e espontanea vontade. E mesmo assim, o que li naquela epoca nao chegou nem perto do foi o Holocausto, na verdade. Depois aprendi mais sobre Yom Hashoah na sinagoga que eu frequentava em Sao Paulo, mas... como eu nunca tive contato com sobreviventes e nunca me aprofundei no assunto, achei tudo muito triste, mas nao senti uma forte conexao com os fatos. Ateh ali, era tudo parte da "Historia da Humanidade". Minha ignorancia nao me permitia ver alem do que os livros mostravam.

 

Entao, jah em Jerusalem, fui ao Museu do Holocausto - Yad Vashem, que ficava perto do bairro onde eu morava. Foi a primeira vez que entendi o que realmente aconteceu. Nao sei quantas horas passei dentro daquele museu. 3? 4? 5? Nao tenho ideia.

 

Soh sei que eu li todas as inscricoes, assisti a muitos videos com testemunhos de sobreviventes, passei por todas as alas lentamente. O que mais me impressionou foi um vagao de trem. Eu tinha lido que judeus eram levados de trem aos campos de concentracao, eu vi a Lista de Schindler e o O Pianista (fiquei triste, mas minha ignorancia ainda nao me permitia sentir o que sinto hoje), mas... ver um dos vagoes usados na minha frente... ver sua altura e me imaginar ali dentro... olhar todos os detalhes da parte de dentro... ver a altura que era do chao ate a parte interior e pensar se eu seria capaz de pular lah dentro sozinha (eh bem alto)... imaginar os seres humanos que estavam ali decadas atras... sem uma unica janela... foi o primeiro momento que eu realmente senti o real impacto do que foi o Holocausto. Filme nenhum consegueria me passar aquela impressao porque o que vi nao era mais uma impressao, mas uma realidade. Assim, aprendi na pratica o significado de Yom Hashoah.

 

Quanto a Yom Hazikaron, eu tenho a dizer que eu nao fazia a minima ideia que essa data existia. Como eu nao tinha televisao, computador e nao entendia o que era dito no radio porque nao falo Hebraico, eu sempre ia caminhar no final da tarde no centro de Jerusalem. A maioria das vezes eu ia ao Kotel e de lah, voltava pro apartamento ou ia passear no shopping. Essa era minha rotina noturna.

 

Mas entao um dia, por pleno acaso, decidi ir ao Kotel em vez de ir ao shopping. Ao chegar lah, vi que uma cerimonia estava sendo realizada e que nos, o povo, nao podiamos chegar perto do Kotel. Subi umas escadas que ficam a direita do Kotel, para ver melhor e tentar entender o que estava acontecendo. 

 

Centenas de soldados, seguranca a 1000 por hora, vi cameras profissionais (TV?), gente sendo entrevistada e decidi ficar por ali. A cerimonia se extendeu e se tornou muito solene, mesmo sem entender o que estava sendo dito, eu senti a importancia daquele momento.

 

Vi a dor no rosto dos participantes, o tom de voz serio, o respeito que os soldados mostravam... era uma cerimonia de Yom Hazikaron. E mais uma vez, aprendi na pratica a importancia de honrar aos soldados cujas vidas foram ceifadas em defesa de seu pais e ideais e aos civis vitimas de atos terroristas.

 

Alguns dias depois ouvi falar em um tal de Yom Haatzmaut, Independencia de Israel, mas a ideia nao tinha entrado direito na minha cabeca ainda. Quando cheguei no seminario, fui informada que teriamos aula ateh a hora do almoco e que depois iriamos a floresta (parte da floresta de Jerusalem ficava umas 3 ruas abaixo de onde eu morava) fazer um churrasco. Eu fui ajudar as outras jovens a carregar as coisas para a floresta, mas sem entender o por que daquilo. 

 

Dai quando chegamos a tal floresta... uau! Centenas e centenas de pessoas, familias reunidas, grupos de amigos, todos fazendo seus churrascos para comemorar o dia a Independencia de Israel. Foi muito legal. Mas pra mim, uma pessoa super ignorante, era soh um churrasco, uma festa... 7 de Setembro e Yom Haatzmaut ainda ocupavam o mesmo significado na minha mente... 

 

Depois do churrasco fui pra minha aula de ingles no centro da cidade e entao, do nada, comecei a ouvir um som de tambor, musica... gente gritando... perguntei a professora o que estava acontecendo e ela me disse, surpresa: "Hoje eh Yom Haatzmaut! Voce nao sabia?" Eu lhe disse que tinha almocado na floresta e vi gente fazendo churrasco e ela me corrigiu dizendo que Yom Haatzmaut era muito mais do que eu tinha visto ateh entao. 

 

A musica interrompeu a classe e nao tivemos que parar. A professora abriu a janela e me chamou pra ver. Eu nao sei nem como comecar a explicar o que vi:

 

Carros com musica alta, milhares de adolescentes dancando e cantando nas ruas, milhares de pessoas carregando a bandeira de Israel, jovens tocando instrumentos musicais... me dah arrepios soh de imaginar. E eu nao tinha uma camera fotografica, pois nao tinha ideia de que iria precisar de uma.

 

A classe foi encerrada e agora na rua, eu pensei "Aff, eu nao vou voltar pra Har Nof agora, eu vou seguir esse povo!" e segui a multidao, sem saber onde estava indo. Eles caminharam ao Kotel, e eu fui junto, cantando e dancando nas ruas, sem entender o que me diziam e soh me comunicando atraves de sorrisos e um ingles muito quebrado. Quando chegamos a Cidade Velha de Jerusalem, onde fica o Kotel, mais festa e mais cerimonias. A maioria das milhares de pessoas que estavam ali eram adolescentes, vindos das escolas que fecharam para comemorar esta data. A emocao que senti ao ver aquelas milhares de pessoas, de estar ali no meio e ter uma participacao ativa nesta data tao festiva quase me fez chorar. Segurei as lagrimas porque nao queria ser a unica "tia velha" chorando no meio dos teens Hahahahahahahah mas foi muito emocionante. E mais uma vez, aprendi na pratica a alegria da independencia do Estado de Israel, celebrando Yom Haatzmaut!

 

Desde que mudei para Montreal, todos os anos vou a cerimonias e eventos que honram estes dias.  

 

Depois de amanha, 23 de Abril de 2015 (EM 2017 SERAH NO DIA 2 DE MAIO), teremos o Israel Day que eh nossa maneira de celebrar Yom Haatzmaut: www.israelrallymontreal.com e pretendo postar umas fotos e ateh uns videos do que fazemos por aqui. Eh bem legal.

 

Obrigada pelo seu tempo em ler tudo isso e feliz Yom Haatzmaut! 

 

Kol tuv,

Esther

------------------------------------------------------

Please reload

Posts Destacados

A Review Completa de Nada Ortodoxa

May 22, 2020

1/10
Please reload

Procure por Tags