Quem sao os Bnei Noach - Parte 2


No post anterior (clique aqui para ler), apresentamos de uma forma geral este movimento que vem atraindo a atencao de muitos no Brasil e no MUNDO. Agora que vc jah sabe que existe uma maneira de estudar Judaismo SEM se converter, vamos partir pro lado halachico da coisa. Abra sua mente, prepare-se pra refletir e... vamos lah!



Sefaraditas e Ashkenazitas

Vamos passo a passo pra entender.


A opiniao de sefaraditas e ashkenazitas diferem sobre isso... neste assunto, sefaraditas sao bem mais hardcore do que ashkenazitas, pra falar a verdade. Ou seja, ashkenazim sao mais tolerantes. Falo isso pq como eu sigo a tradicao ashkenazita, eh natural que eu fale SOMENTE como este assunto eh interpretado na comunidade ashkenazita, certo? Agora que deixei isso claro, vamos lah:



O Que a Halacha Diz sobre ENSINAR Torah a nao-judeus?

O Talmud permite o ensino da Torah para nao-judeus, no entanto o material ensinado deve focar na observancia das 7 Leis Noeticas.



Varias Opinioes a Respeito


Opinioes se dividem devido ao verso na Torah de Deuteronomio 33:4 "A Lei (Torah) que nos ordenou Moises, heranca eh para a congregacao de Jaco".


Se levado ao peh da letra, este verso ensina que o ensino da Torah se resumiria exclusivamente ao povo judeu e a ninguem mais.


Alguns rabinos (nao se preocupe, sao minoria e o Judaismo segue a opiniao da maioria) aderem a esta opiniao exclusiva, e temos que respeitar a opiniao deles. Mas ao mesmo tempo, ha tambem rabinos importantissimos que concordam em DISCORDAR desta opiniao e nos ajudam a interpreta-la de uma maneira permite o ensino da Torah a todos os povos.


E ao mesmo tempo, ha rabinos que ficam na coluna do meio, ou seja, permitem o ensino da Torah a nao-judeus, contanto que tenha pelo menos um judeu no grupo, aprendendo tambem. Assim, cobre-se todas as provaveis lacunas na halacha.


Yes, ha 3 opinioes: contra, a favor e coluna do meio.


Galera... Judaismo nao eh uma arte precisa... o Talmud nao eh feito de uma opiniao, mas de varias... e em alguns casos, o Talmud soh mostra os ingredientes da receita, mas nao ensina a prepara-la... entenderam? Por isso tantas opinioes. A regra GERAL no Judaismo eh que seguimos a opiniao da maioria de lideres de uma geracao... mas repito que essa eh uma regra GERAL... judeus tem a liberdade de seguir a opiniao da minoria, se quiserem... por isso eh mandatorio ter uma Rabino para discutir essas ideias.



VOLTANDO AO ASSUNTO, O QUE DIFERENTES RABINOS DIZEM A RESPEITO?


A opiniao rabinica que permite o ensino da Torah a nao-judeus se baseia no fato da existencia do Ger Toshav na Torah, Tanach e Talmud, assim como a descricao detalhada das 7 leis Noeticas no Talmud.


Rabino David Tzvi Hoffman (https://en.wikipedia.org/wiki/David_Zvi_Hoffmann) argumentou que podemos ensinar narrativas da Torah que inspirem nao-judeus a acreditar na grandeza de Deus.


Rabino Naftali Berlin (https://en.wikipedia.org/wiki/Naftali_Zvi_Yehuda_Berlin) e Tzvi Hirsch Chajes (https://en.wikipedia.org/wiki/Zvi_Hirsch_Chajes) acrescentaram que ha uma certa proibicao em ensinar a Lei Oral (Talmud) para nao-judeus, mas que pode-se ensinar Torah. Tal proibicao (parcial) em se ensinar Talmud da-se ao fato de que a maior parte do Talmud eh composta de DISCUSSOES e nao de decisoes... sendo assim, se uma pessoa nao-judia que NAO tem contato com nenhum rabino ler um trecho isolado do Talmud, ela tem 99.9% de chances de interpretar mal o que leu... pq no final, ela pode ter lido simplesmente uma unica opiniao (e nao todas) e jamais saberah se o Judaismo segue aquela opiniao ou nao. O maior problema que judeus enfrentam ao TENTAR falar de Torah/Talmud para nao-judeus eh que muitos nao-judeus leram um ou outro trecho do Talmud atraves do Google e por causa disso se sentem capacitados de ENSINAR "Judaismo" para os judeus que se dispuseram a ajudar-lhes... galera... eh preciso esvaziar o copo do orgulho e calcar as sandalias da humildade pra aprender...


O Maharsha, Rabino Samuel Eidels

(https://en.wikipedia.org/wiki/Maharsha) disse que esta proibicao se refere somente a "razoes e segredos" da Torah, mas nao inclui os textos basicos ou leis. Quais razoes e segredos seriam esses? Basicamente... "segredo" eh uma linguagem antiga que hoje pode ser SUBSTITUIDA pela palavra DETALHES. Ou seja, se um judeu ensina detalhes de como cumprir Shabbat a um nao-judeu, e se este nao-judeu for uma pessoa de mas intencoes, este nao-judeu pode chegar em qqr comunidade judaica do mundo e facilmente fingir que eh judeu, enganando a si mesmo e a todos ao seu redor.


Sim... ha muita gente maluca no mundo...sem falar que alguns detalhes da halacha podem ser usados contra o proprio povo judeu. Friso a lenda de um rei (cujo nome esqueci) que torturou e matou 10 Rabinos importantes... este rei nao-judeu aprendeu que se alguem vender seu irmao, podia ser condenado a morte... entao, o que ele fez? Jah que os 10 irmaos de Jose do Egito o venderam, mas nunca foram sentenciados a morte... tal rei decidiu se vingar e disse aos 10 Rabinos que eles deveriam ser torturados e mortos no lugar dos 10 irmaos de Joseh.


Sim, parece loucura, mas pode acontecer sim de nao judeus se apropriarem INDEVIDAMENTE de detalhes da lei judaica e DISTORCEREM tais detalhes para destruir o povo judeu.


Rabino Elyahu Mizrahi

(https://en.wikipedia.org/wiki/Elijah_Mizrachi) discordou da proibicao, dizendo que se uma pessoa nao puder sair de uma situacao sem discutir informacoes da Torah, entao ela deve discutir (ensinar).


https://en.wikipedia.org/wiki/Yisroel_Salanter


Outros rabinos (cuja lista de nomes eu nao possuo) dizem que soh eh proibido ensinar Torah a nao-judeus se tal ensino for feito de forma exaustiva.


Rabino Menachem Hameiri

(https://en.wikipedia.org/wiki/Menachem_Meiri) que precedeu Maimonides, alertou que "segredos" (detalhes) da lei nao deveriam ser ensinados a nao-judeus, pelas razoes acima descritas, no entanto, ele tambem alerta e ensina que nao-judeus que buscam conhecimento de forma honesta e genuina, com o unico proposito de crescimento espiritual, podem estudar Torah. Ele tambem ensina que nao-judeus que cumprem mitzvot, mesmo alem das 7 Leis Noeticas, merecem parabens por seu comportamento virtuoso.


Poreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeem, eu e voce sabemos que a maioria dos nao-judeus nao sabem NEM o que faz parte exatamente das 7 Leis Noeticas, entao eh necessario ter um rabino para explicar e ensinar todos os detalhes destas leis (que envolvem sistema judicial, conceitos profundos do que eh exatamente idolatria, leis de como lidar com animais, os varios aspectos de assassinato - matar alguem espiritualmente tbm eh uma forma de assassinato, jah pensaram nisso? -, sexualidade etc, etc, etc)


Se depois de conhecer PROFUNDAMENTE TODAS AS LEIS NOETICAS, o nao-judeu quiser assumir alguma mitzvah reservada ao povo judeu, tal pessoa deve consultar um rabino e APRENDER DEVIDAMENTE como cumprir tal mitzvah.


Cumprir mitzvot de forma errada soh vai te trazer prejuizos, eh serio isso, gente... eh obrigatorio aprender de um Rabino. Obrigatorio.


Sem falar que vc, amigo e amiga nao-judeu e nao-judia que estah lendo este post, acabarah cumprindo coisas que nem judeus cumprem... tipo... em Pessach eu sempre recebo emails e mensagens de individuos nao-judeus perguntando COMO se faz o "jejum do primogenito", que eh descrito na Torah........ e eu sempre explico a HALACHA: que judeus nao fazem tal jejum, pois se houver uma ocasiao festiva como o final de estudo de um tratado do Talmud (entre outras ocasioes), o judeu nao pode jejuar... entao 1 dia antes de Pessach, todas as sinagogas oferecem uma ocasiao que isenta os judeus primogenitos de jejuarem, e tais judeus celebram tal ocasiao tomando o cafeh da manha na sinagoga mesmo (um mini cafeh da manha com 'hamotzi', pao)............ e pq a halacha permite isso? Pq 1 dia antes de Pessach eh o dia mais trabalhoso do ano! E se um judeu jejuar neste dia, pode simplesmente entrar em colapso (serio) devido ao gigantesco numero de atividades e o stress que a maioria sofre neste dia... 1 dia antes de Pessach eh praticamente o dia mais caotico de todo o calendario judaico huahauahuaua


Entao qqr nao-judeu primogenito que jejua antes de Pessach estah basicamente perdendo seu tempo... primeiro, pq o jejum eh SOH para primogenitos judeus... e segundo, pq a halacha ajuda o judeu a ficar isento desta obrigacao.


Por isso eh obrigatorio ter o auxilio de um Rabino para te ajudar a entender o que significa realmente uma mitzvah judaica.


E outra... to ligada que a maioria soh tah interessada em ostentar "mitzvah de Facebook" (pra postar fotos e videos) e "troca de favores", onde a pessoa pensa que se fizer mitzvot judaicas, Deus irah lhe conceder favores... tipo... muitos estao tratando MITZVAS como se fossem SIMPATIAS para atrair riquezas ou outras coisas.


Isso eh errado.



Maimonides

Maimonides esclarece tudo dando 2 opinioes que a primeira vista, se contradizem... mas na verdade, elas nao se contradizem, elas simplesmente se complementam. A opiniao de Maimonides eh descrita em Hilchot Hamelachim 10, versos 9 e 10.


Primeiro, no verso 9, ele diz que nao-judeus sao proibidos e se fizerem mitzvot judaicas deveriam sofrer a pena de morte. Radical, nao? Vamos ao texto:


"A gentile who studies the Torah is obligated to die. They should only be involved in the study of their seven mitzvot.

Similarly, a gentile who rests, even on a weekday, observing that day as a Sabbath, is obligated to die. Needless to say, he is obligated for that punishment if he creates a festival for himself.

The general principle governing these matters is: They are not to be allowed to originate a new religion or create mitzvot for themselves based on their own decisions. They may either become righteous converts and accept all the mitzvot or retain their statutes without adding or detracting from them.

If a gentile studies the Torah, makes a Sabbath, or creates a religious practice, a Jewish court should beat him, punish him, and inform him that he is obligated to die. However, he is not to be executed. Melachim uMilchamot 10:9"

TRADUCAO:

Um nao-judeu que estuda Torah eh obrigado a morrer. Ele deveria somente estar envolvido no estudo de suas 7 mitzvot.

Da mesma maneira, um nao-judeu que descansa, mesmo que em dia de semana, observando aquele dia como se fosse Shabbat, eh obrigado a morrer. Nao preciso nem dizer, ele eh obrigado a ser punido com pena de morte se ele criar um feriado religioso por si mesmo.

O principio geral que governa este assunto eh: Nao lhes eh permitido originar uma nova religiao ou criar mitzvot para eles mesmsos baseados em suas proprias decisoes. Ele pode se tornar um convertido ao Judaismo e aceitar todas as mitzvot ou ficar com seus estatutos (7 leis de Noe) sem adicioar ou tirar nada delas.

Se um nao-judeu estuda a Torah, cumpre o Shabbat, ou cria praticas religiosas, uma corte judaica (beit din) deve bater nele, puni-lo, e informa-lo que ele deve morrer. No entanto, ele nao deve ser executado."

http://www.chabad.org/library/article_cdo/aid/1188355/jewish/Melachim-uMilchamot-Chapter-10.htm


Eu falei que era radical. Mas vamos a explicacao de tanta radicalidade:


Essa proibicao de Maimonides se refere a nao-judeus que DISTORCEM o texto da Torah, e que ao usar a INTERPRETACAO ERRADA das mitzvot, cria uma nova religiao que pode ateh mesmo chegar a confundir membros da comunidade judaica, alem de confundir outros nao-judeus.


Em resumo, nao-judeus que NAO nao estao sob supervisao de um Rabino conceituado na comunidade judaica, sao proibidos, segundo Maimonides de COPIAR mitzvot judaicas.


Esses dias eu vi um treco no Facebook... onde uma nao-judia escrevia a tremenda bobagem de que "bnei noach tinham a MISSAO de fazer com que judeus cumprissem mitzvot".... gente do ceu... eu nem sei por onde comecar... agora imagina o numero de interpretacoes erradas que esta pessoa faz das mitzvot... a unica MISSAO que bnei noach possuem eh a de cumprir suas 7 mitzvot, visse? Huahauahuauau Eh cada uma...


E logo em seguida, no verso 10 e 11, ele complementa:


"We should not prevent a gentile who desires to perform one of the Torah's mitzvot in order to receive reward from doing so, provided he performs it as required. If he brings an animal to be sacrificed as a burnt offering, we should receive it. If a gentile who observes the seven mitzvot gives charity, we should accept it from him. (...)

The Jewish court is obligated to appoint judges for these resident aliens to judge them according to these statutes so that the world will not become decadent. If the court sees fit to appoint the judges from the resident aliens themselves, they may. If it sees fit to appoint them from among the Jews, they may."


TRADUCAO