Quando Pessach Cai no Sábado a Noite



Traduzi dois textos das yeshivas Aish HaTorah e Ohr Sameach, pois esse ano Pessach será um pouco mais complexo, pois se inicia em motzei Shabbat (imediatamente após o término do Shabbat). Inclui também algumas palavras do booklet (guia impresso) de Pessach feito Vaad de Montreal.


Mesclei parágrafos dos dois textos para melhor compreensão.

Textos originais:

Aish: https://www.aish.com/h/pes/l/48965701.html

Ohr Sameach: https://ohr.edu/special/pesach/shabbat.htm



Quando o Seder de Pessach cai no sábado à noite, imediatamente após o Shabat, há uma série de ramificações em termos de preparações pré-Pessach.


Resumindo: na quinta-feira à noite, procuramos o chametz (bedikat chametz). Na sexta-feira de manhã, colocamos de lado o chametz que comeremos no Shabat, e o resto do chametz é queimado. No Shabat, temos o cuidado de controlar as migalhas de pão - ou seja, comemos em uma área designada. As duas refeições diurnas do Shabat são feitas uma após a outra pela manhã. Em seguida, removemos qualquer chametz restante que esteja em nossa posse.


O que se segue é um resumo detalhado das leis, com base no "Código de Lei Judaica" (O.C. 444), conforme ampliado no livro "Erev Pesach Sh'chal b'Shabbos", do Rabino Zvi Cohen



JEJUM DO PRIMOGÊNITO

O "jejum do primogênito" geralmente é realizado na véspera de Pessach, mas este ano o jejum será adiantado para a quinta-feira.


Uma pessoa pode quebrar este jejum se estiver participando de uma Seudat Mitzvah - como um Brit Milá ou Pidyon Haben. Tornou-se costume programar a realização de um tratado talmúdico (siyum) neste dia, visto que aqueles que participam da refeição de acompanhamento estão isentos de jejum.




BEDIKAT CHAMETZ - PROCURANDO CHAMETZ

A busca por chametz é realizada na noite de quinta-feira. Além do dia, não há nada diferente nessa busca em comparação com outros anos. Antes de iniciá-la, fazemos a bênção de "Al biyur chametz" e, após a verificação, declaramos a anulação de chametz (bitul).




BIYUR CHAMETZ - DESTRUINDO O CHAMETZ

Chametz que não será necessário para o Shabat deve ser queimado na sexta-feira (os 10 pedaços de pão usados para o bedikat chametz etc). Isso deve ser feito preferencialmente pela manhã, da mesma forma que todos os anos. (Verifique com seu rabino local a hora exata para este evento)


A venda de chametz (produtos alimentícios que a família quer manter em casa) entra em vigor neste ano cerca de uma hora antes do Shabat. Consulte seu rabino em como proceder para efetuar esta venda.




COMENDO CHAMETZ NA SEXTA-FEIRA A NOITE E NA MANHÃ DE SHABBAT

Mesmo após o tempo definido para a queima do chametz na sexta-feira, será permitido comer chametz.


No entanto, para que o chametz não seja espalhado pela casa toda, deve-se designar um local para comê-lo na refeição de sexta-feira a noite e no Shabat durante o dia, e restringi-lo a esse local. Não fazer isso viola o Bedikat Chametz.


Só se deve comprar a quantidade de chalá do Shabat que se pensa que será totalmente consumida. Para cumprir o costume de usar dois pães (Lechem Mishneh), pode-se usar um pequeno pão (OU DOIS PÃES PITA por refeição, que causam menos farelos).


Para as refeições do Shabat, devemos cozinhar alimentos que NÃO contenham chametz, que já são casher para Pessach.


O ideal (e mais fácil) é que a comida de Shabat seja consumida em pratos novos de plástico (descartáveis), pois é proibido colocar comida de Pessach em pratos de chametz. O uso de pratos de Pessach não é aconselhável, pois pão será consumido durante as refeições de Shabat.



NOTA DA ESTHER: Consulte seu rabino se você e sua família podem comer a challá ou pão pita em um local fora da sala de jantar, na garagem ou outra sala da casa, por exemplo. Se ele disser que sim, perguntem onde devem fazer o Birkat Hamazon. Outra dica para quem quer comer o pao de Shabat na mesa, é cobrir a mesa com uma toalha descartável e retirá-la depois da refeição ou até mesmo comer o pão dentro de saquinhos plásticos, para que farelos não caiam pela sala de jantar. Cuidado com as crianças pequenas, que podem se empolgar e guardar pedaços de pão nos bolsos. Pessoalmente, aqui em casa eu farei pãezinhos do tamanho de um ovo para este Shabat que antecede Pessach, assim não teremos sobra.




O DILEMA CULINÁRIO DA SEUDÁ SHLISHIT

É uma mitsvá comer três refeições com pão no Shabat. Em Erev Pessach (um dia antes de Pessach) é proibido comer pão ou produtos fermentados após a quarta "hora haláchica" a partir do nascer do sol (consulte seu rabino para saber o horário limite de comer chametz em sua cidade).


Após a quinta hora haláchica, até mesmo possuir chametz é proibido. Visto que este ano Erev Pesach cai no Shabat, quando há uma mitzvá de fazer três refeições com pão, surge um desafio.


Substituir o pão pela matzá não é uma solução. O Talmud proíbe comer matzá em Erev Pesach para distinguir entre comer matzá comum e cumprir a mitzvá de comer matzá no Seder. Então, como alguém pode cumprir o mandamento de comer três refeições no Shabat sem comer pão ou matsá?


Soluções possíveis


Solução # 1:

Faça uma refeição com pão na sexta à noite. O pão sírio (pita) é recomendado, pois produz poucas migalhas. Um pãozinho em um saco plástico de sanduíche é uma boa sugestão na prevenção de migalhas. Acorde cedo na manhã do Shabat. Os cultos matinais de shacharit devem começar e terminar mais cedo do que o normal para permitir comer pelo menos a refeição matinal com pão antes da quarta hora haláchica. A refeição pode ser dividida em duas partes. Depois da primeira parte, diga birkat hamazon e faça uma pausa (dê um passeio, estude, tire uma soneca ...). Depois volte e coma outra refeição com pão, antes da quarta hora. De acordo com alguns, isso cumpre a obrigação de "três refeições".



Solução # 2

E sobre Matzá de ovo (Egg matzah)?

(um tipo de matzá feita com farinha, ovo e suco de fruta que é considerada mezonot)

Maimônides explica que nossos Sábios proibiram comer matsá de farinha e água em Erev Pessach para demonstrar que comer matsá no Seder à noite é para cumprir a mitsvá. Uma vez que esta representação rabínica se aplica apenas à matzá pura de farinha e água (o único tipo que se pode usar para cumprir a mitzvá), ela não inclui matzá ashira, matzá "enriquecida" (com ovos e suco de fruta). Portanto, teoricamente pareceria que a matzá de ovo seria uma boa escolha ... mas continue lendo!


Alguns equívocos comuns sobre a matzá de ovo

Conforme declarado, a matzá comida no seder é feita de farinha e água.


Mas as matzot de ovo são feitos de farinha misturada com suco e / ou ovos, e sem água.


De acordo com as regras do Rabino Yosef Karo no Shulchan Aruch, a matsá feita dessa farinha enriquecida não é chametz e pode ser comida em Pessach. Os judeus sefaraditas geralmente seguem essa regra. No entanto, o Rabino Moshe Isserles (Rama, ashkenazita) determina que devemos nos preocupar com a possibilidade de que um pouco de água possa ter se misturado à massa, fazendo com que ela cresça. Os judeus Ashkenazitas seguem a regra do Rabino Isserles de não comer matzá de ovo em Pessach, com exceção dos enfermos e idosos que de outra forma não seriam capazes de comer matzá. (E mesmo eles não cumprem sua obrigação no Seder com tal matsá.)



Solução # 3:

Se alguém não pode ir para um minyan cedo e comer dois cafés da manhã cedo (ou almoços), deve comer uma refeição com pão pela manhã e uma com carne ou frutas à tarde. Deve-se comer moderadamente à tarde, para comer a matsá do Seder com apetite!





PREPARAÇÕES PARA O SEDER

Deve-se preparar todos os itens necessários para o Seder antes do Shabat (na sexta-feira), como o osso assado (Zero'ah), a água salgada e o Charoset. Devem ser abertas caixas de matzá, garrafas de vinho e suco de uva (quando for necessário, quebrar o lacre antes do início do Shabat).


As velas de Shabat e de Yom Tov devem ser preparadas. A vela piloto (que será usada para transferir a chama após o término do Shabat, assim como para cozinhar durante o Yom Tov) deve ser acesa na sexta-feira, ANTES do acendimento das velas de Shabat.


Se alguém estiver usando alface romana para o Maror, certifique-se de verificar se há insetos antes do Shabat e colocá-la em um local úmido e frio para permanecer fresca. (A alface não deve ser deixada imersa em água.)


A raiz forte que usamos como Maror deve ser moído na noite do Seder e não antes do Shabat, para que sua nitidez não se dissipar. A trituração em Yom Tov deve ser feita com um shinui (diferença - modificação) menor, por ex. cortá-lo em uma tigela, em vez de em uma tábua de cortar. Se alguém o moeu antes do Shabat, ele deve ser mantido em um recipiente fechado. (somente triturar a quantidade que será necessária para o primeiro Seder, na noite seguinte, triturar a quantidade necessária para o segundo Seder).



SHABBAT e NOITE DE PESSACH

Se alguém acender as velas do Shabat na mesa onde o chametz será comido, deve-se colocá-las em uma parte da mesa não coberta pela toalha, de modo que seja possível remover a toalha de chametz sem mover os castiçais.


NOTA DA ESTHER: Se possível, acenda as velas de Shabat em uma mesinha separada da mesa que será usada para o jantar, assim facilita um pouco a nossa vida.


Há alguns que sustentam a opinião de que as matzot que serão usadas ​​no Seder são consideradas muktzah e não devem ser tocadas/movidas durante o Shabat.


É proibido preparar algo para Yom Tov durante o dia de Shabat. Portanto, não se deve preparar as matzot, os recipientes ou a mesa do Seder antes do anoitecer. (consulte seu rabino se há possibilidade de pedir ajuda a uma pessoa não-judia para o preparo da mesa do Seder durante o Shabat). No entanto, é permitido arrumar a casa, visto que isso é uma necessidade para o Shabat.




ELIMINAÇÃO FINAL DO CHAMETZ

Chametz que sobra após as refeições matinais deve ser dado a um não-judeu ou a um animal de estimação, ou simplesmente jogado na descarga.


Em uma cidade com eiruv, pode-se descartá-lo na lixeira pública da rua, tornando-o sem dono.


Se essas opções não estiverem disponíveis, pode-se derramar sabão ou agente de limpeza no chametz, tornando-o não comestível (e jogar no lixo).


Os vasos de flores usados em mesa de chametz não podem ser lavados durante o Shabat para serem usados em Pessach.


Deve-se guardar os vasos (de flores) usados na mesa com chametz e a toalha de mesa usada enquanto chametz foi consumido (depois de ter sido devidamente sacudida das migalhas de pão) junto com todos os outros utensílios de chametz.


Deve-se varrer a casa após as refeições matinais e descartar o chametz encontrado da mesma forma como discutido acima, tomando cuidado para não deixar chametz na vassoura.


Deve-se limpar as roupas usadas durante a refeição (com as mãos e não com a escova), observando bem se há algum vestígio de chametz na roupa.


Deve-se enxaguar a boca (até mesmo usar fio dental, se a gengiva normalmente não sangrar durante o uso do fio dental, mas o fio dental deve ser cortado no tamanho certo antes do Shabat) e lavar as mãos para que o chametz não permaneça.


NOTA DA ESTHER: Quem usa aparelho ou dentadura deve se informar com um rabino em como proceder neste Shabat que precede Pessach (lavar a boca, escovar os dentes ou dentadura, usar fio dental que foi cortado antes do início do Shabat...enfim...informe-se como proceder)


Após essa refeição, deve-se então anular o chametz (bitul - Kol Chamirá) dizendo o texto encontrado na Hagadá após a queima do chametz.




NOITE DO SEDER

Após o anoitecer, as orações de Arvit padrão do Yom Tov são feitas com a adição de "Vatodianu" na Amidah.


Qualquer pessoa que não disse "Vatodianu" precisa dizer "Baruch hamavdil bein kodesh L'KODESH" antes de fazer qualquer melachá (trabalho), como acender as velas do Yom Tov ou cozinhar para a refeição do Seder.


A ordem das bênçãos durante o Kiddush é: Vinho ("Borei p'ri ha'gafen"), Kiddush ("Asher bachar banu"), vela Havdallah ("Borei Meorei Ha'Aish"), Havdalah ("Hamavdil bein kodesh L'KODESH ") e "Shehechiyanu. " Nenhuma bênção é recitada nas especiarias (não recitamos borê minei bessamim).


O resto do Seder continua como nos outros anos.




Uau, que maratona, heim? Como de praxe, consulte seu Rabino, galera. Não tenham vergonha de fazer-lhes perguntas, pois eles escolheram ser Rabinos justamente para responder as questões que temos!


Um Pessach kasher v'sameach a todos!



Esther

Posts Destacados
Procure por Tags

© 2015 por Vida Pratica.